RACIONALISMO CRISTÃO - 1

A ARTE DE VIVER

Viver é uma arte que nem todos sabem cultivar. Há muita gente que pensa que vive, mas não vive, vegeta, ou pior ainda, não tem noção alguma do que seja viver. A criatura que sabe viver traça, planeja aquilo que melhor lhe convém e caminha confiante em si mesma, sem esperar dos outros senão o razoável, porque, se exigir um pouco mais, passa por decepções. Logo, só confiante em si próprio o homem pode vencer na luta.


A própria família é muitas vezes um ponto de interrogação, talvez doloroso, mas não deixa de ser um ponto de interrogação, porque, se a família tivesse a noção exata dos seus deveres de família, nela não haveria desinteligências, desentendimentos, todos se compreenderiam, todos se tolerariam, todos seriam amigos; mas, infelizmente, assim não é e, se entre aqueles que dizem "o sangue é sangue" e "o sangue puxa", não existe a verdadeira compreensão, muito menos se pode esperar dos estranhos, de criaturas completamente diferentes em educação.


Viver, pois, é uma arte que todos devem procurar cultivar com inteligência. As criaturas são como são, ninguém as modifica, porque os espíritos, quando vêm encarnar, são todos diferentes, de categorias diversas, não podendo, portanto, ser aquilo que muita gente julga, pois cada um traz a sua bagagem espiritual e, de acordo com essa bagagem, desempenha o seu papel na Terra.
Afinidade espiritual há muito pouca e às vezes essa afinidade existe entre criaturas estranhas e bem distantes. Portanto, deve o ser contar somente consigo, caminhar de acordo com a sua consciência, formar a sua personalidade moral, e, tendo essa personalidade, terá vigor espiritual, saberá, enfim, viver.


Há muita gente que julga que para ser feliz na Terra basta possuir fortuna, conforto e bem-estar; há muita gente até que ambiciona o que é dos outros, porque julga que esses outros são mais felizes. Enganam-se. O que faz a felicidade não é o dinheiro, não é o conforto, não é o luxo, nem o bem-estar; o que faz a felicidade é a compreensão mútua dos seres, o entendimento, a compreensão exata da vida, a maneira como a criatura encara essa vida, para não ter desilusões, para não sofrer abalos morais.


O dinheiro e a fortuna muitas vezes até concorrem para a desinquietação, para o desassossego daqueles que isso possuem. A felicidade está na consciência do dever cumprido, na serenidade espiritual que todo espírito equilibrado pode gozar. O dinheiro ganha-se e vai-se embora; o dinheiro, muitas vezes, concorre para chamar sobre si o despeito, a inveja, criaturas pouco escrupulosas, que não querem saber que aqueles que hoje possuem fortuna trabalharam, se esforçaram e muitas vezes sofreram até privações para conseguirem possuir o que hoje possuem.


A criatura que sabe viver, que trabalha honestamente e que cria em volta de si um ambiente de paz e tranqüilidade, goza saúde, é feliz, porque a felicidade consiste na paz de espírito e na saúde do corpo. Quem tem saúde e paz de espírito é feliz, porque pode produzir, porque pensa bem, porque terá sempre um ambiente de paz e tranqüilidade, e, sabendo viver, todas as criaturas podem ser felizes, viver de acordo com as suas posses, trabalhando, porque o trabalho distrai o espírito, e aquilo que se consegue pelo trabalho honesto tem um valor considerável. Trabalhando e lutando, sim, porque a vida é a luta destinada ao ser humano na Terra, e todos aqueles que trabalham, produzem, gozam de paz espiritual.


Trabalhando, lutando, vivendo em paz, tendo sua consciência tranqüila, todos poderão ser felizes. Não há, portanto, motivo para invejar a fortuna ou o dinheiro de quem quer que seja. Todos, com muito ou pouco, podem ser felizes, porque a pobreza só atormenta aqueles que são falhos de raciocínio. Quem tem saúde e trabalha nunca será pobre, terá sempre o necessário para as suas necessidades. Saiba, portanto, a criatura viver, porque sabendo viver, ela gozará da paz de espírito, terá tranqüilidade íntima e saúde do corpo. Isso é que constitui, enfim, a verdadeira felicidade.

TODAS AS PÁGINAS DO LIVRO

 1- A ARTE DE VIVER
 2- A CONDUTA E A LEI DO RETORNO
 3- A INDIFERENÇA
 4- A MENTIRA NÃO AJUDA AO PROGRESSO
 5- A MULHER
 6- A PAZ ESPIRITUAL SUPERA REVESES
 7- AJUDANDO UNS AOS OUTROS
 8- ANIMAL HUMANO
 9- ÂNIMO E VONTADE FORTES
10- ÂNIMO PARA VIVER
11- APRENDER A VIVER
12- AUSÊNCIA DE COMPREENSÃO
13- AUTOCORREÇÃO
14- CAMINHOS SEM SEGREDOS
15- CARÁTER DAS CRIANÇAS
16- CAVALHEIRISMO
17- CLARIVIDÊNCIA
18- CONHECER PARA NÃO TEMER
19- CONSTRUINDO A FELICIDADE
20- CONSTRUIR OU DESTRUIR A FELICIDADE
21- CRÍTICA DESAIROSA
22- CUIDEMOS DEVIDAMENTE DA CRIANÇA
23- CULTIVO DOS SENTIMENTOS
24- CURA DE OBSEDADOS
a href="racionalismo_cristao25.htm">25- CURANDO A OBSESSÃO
26- DIVERSÃO PERIGOSA
27- DOMINANDO O GÊNIO
28- DOMÍNIO DO "EU"
29- DUAS VIDAS
30- EDUCAÇÃO E DECADÊNCIA
31- EDUCAÇÃO FALHA
32- EDUCAR OS SENTIMENTOS
33- EGOÍSMO E AUTORITARISMO
34- EGOÍSMO, FONTE DE SOFRIMENTOS
35- ENERGIZAR
36- EQUILÍBRIO TRAZ TRANQUILIDADE
37- ERROS DESCULPÁVEIS
38- ESCLARECER-SE PARA SER FELIZ
39- ESPIRITUALIZAÇÃO, ÚNICA VIA PARA A FELICIDADE
40- EVITANDO FRACASSOS
41- EVOLUÇÃO SEM MEDO
42- EXERCÍCIO DO LIVRE-ARBÍTRIO
43- FALAR AOS ESPÍRITOS
44- GRAUS DE ESPIRITUALIDADE
45- IGNORÂNCIA DA VERDADE
46- IGNORÂNCIA E CONFIANÇA
47- IGNORANDO A ESPIRITUALIDADE
48- IMPORTÂNCIA AO QUE IMPORTANTE É
49- IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA
50- IMPORTÂNCIA DA PSICOLOGIA
51- MALES PSÍQUICOS
52- MUDANÇA DE HÁBITOS
53- O CAPRICHO
54- O LIVRO DO TEMPO
55- ORIENTAR SEM COAÇÃO
56- PENSAMENTO, ALAVANCA DO SUCESSO
57- PERSONALIDADE ESPIRITUAL
58- REAGINDO AOS SOFRIMENTOS
59- SER ESPIRITUALISTA
60- VENCENDO OBSTÁCULOS
61- VÍCIO DE RELIGIOSIDADE
62- VIVER COM REALISMO

FONTE DO TEXTO ACIMA

LUIZ DE MATTOS - CLÁSSICOS DO RACIONALISMO CRISTÃO - Volume 1 - 2ª edição - Centro Redentor - Rio de Janeiro - 2001.
Outras obras do Autor: Pela Verdade, 9ª ed. - Vibrações da Inteligência Universal, 9ª edição.

PLANO DO TRABALHO

A obra Clássicos do Racionalismo Cristão tem por objetivo reunir os trabalhos de Luiz de Mattos, Luiz Alves Thomaz e Antonio Cottas, respectivamente, fundadores e consolidador da Doutrina. O Centro Redentor editará volumes sucessivos, sendo que os iniciais da série conterão os pronunciamentos de Luiz de Mattos, codificador doutrinário do Racionalismo Cristão.

O AUTOR DESTE WEBSITE

Busco oferecer neste sítio uma variedade abrangente de textos espiritualistas salutares e edificantes, de várias fontes, para que todos tenham a oportunidade de enriquecer e ampliar a sua cultura e desenvolver a consciência, mediante a sintonia com idéias e ensinamentos elevados. Concordo com muitas das idéias apresentadas mas não necessariamente com todas.



Sorria ao acordar
e antes de dormir!

Muito obrigado pela visita,
veja sempre as novidades!








Google
 
Web www.eurooscar.com










Se não vê à esquerda o menu
rolante do site, clique aqui.

If you do not see the left
scrolling menu, click here.






Home