RACIONALISMO CRISTÃO - 14

CAMINHOS SEM SEGREDOS

A vida dos seres humanos é tão complexa, traz tantas surpresas que, para o ser inteligente, ela talvez se torne fácil de ser vivida, mas para aqueles que não raciocinam com facilidade e que interpretam as coisas da Terra de uma maneira bem diversa do que elas de fato são, é bem difícil. Essa complexidade que sentem as criaturas que pensam e raciocinam, será debelada de maneira inteligente, de maneira capaz de tudo resolver e acomodar, não olhando as conveniências de cada um, mas as do Todo.


O mundo não é tão mau como o pintam: as criaturas é que o fazem mau. São os sentimentos das criaturas, são as maneiras como elas encaram a vida neste mundo que chocam, que ferem, que trucidam, que desiludem, e é por isso que há muita gente completamente descrente e desiludida, que vive por viver, e que aceita tudo com aparente naturalidade, porque assim é preciso.


Mas o Racionalismo Cristão, como Doutrina que explana a Verdade, e faz questão absoluta de que as criaturas reconheçam a Verdade, a aceitem e a compreendam como ela deve ser compreendida, não poupa esclarecimentos, para que não haja dúvida nem vacilação sobre os seus Princípios. Afirmamos que cada um é aquilo que quer ser, e assim é. Cada um é aquilo que quer ser, porque está na vontade da criatura ser o que queira. Só não vencem na vida aqueles que são fracos, que não possuem um ânimo forte, nem uma vontade bem educada para o bem.


Para vencer neste mundo é preciso ser cauteloso, inteligente e perspicaz; mas há também a argúcia do esperto que vence de maneira diferente, menos honesta, porque sabe fingir, porque é hipócrita. Não é, porém, essa vitória que nós queremos que as criaturas sintam. A vitória dos hipócritas e dos espertos é fictícia, tem alicerces falsos. Queremos que vençam aqueles que têm de fato uma vontade educada, que sabem querer, que não usam de sofismas para vencer.


O que torna o mundo mau são os maus sentimentos das criaturas. A perversão que campeia no mundo inteiro, essa perversão não nasceu no berço da criatura, porque todo o espírito que vem encarnar neste mundo o faz para sua perfeição, para seu progresso espiritual e a criança é inocente, não possui perversão; se foi perverso o seu espírito na encarnação ou em encarnações passadas ele, ao encarnar, perdeu por completo a noção daquilo que foi e isso, justamente, para que os pais possam moldar esse espírito, possam corrigi-lo antes de chegar à idade da razão, possam polir, possam fazer dele aquilo que é preciso, para que se regenere, se aperfeiçoe e se torne um espírito educado.


A maldade, portanto, que existe no mundo, não veio do Espaço Superior para o berço da criança; é adquirida mais tarde, na luta pela vida, por falta de orientadores capazes e porque se deixam levar pelas más companhias, que as tornam criaturas completamente perdidas. Combatam, portanto, os maus sentimentos, procurem dar educação sólida aos espíritos, em formação, formação de caráter que deve ser feita com todo o cuidado e todo primor, para que esses espíritos, quando chegados à idade da razão, quando adultos, possam lembrar-se sempre das ótimas lições que receberam e têm gravadas na mente, para fortificarem o seu caráter. É preciso combater a miséria, a perversão, a imoralidade por meio de uma educação bem fundamentada.


Do preparo do homem e da mulher depende o êxito na vida futura. Conforme os espíritos forem preparados, assim eles vencerão ou sossobrarão no mar tempestuoso da vida; desse preparo, pois, depende a garantia, o êxito, a vitória dos espíritos. O Racionalismo Cristão vem-se batendo pela educação da criança, para que possa vencer no futuro as dificuldades existentes no mundo Terra, e não sabemos se elas serão diminuídas ou aumentadas; por isso, é preciso que haja o preparo, a fortaleza espiritual que lhes garanta a vitória no futuro.


Saibam compreender esta Doutrina; ela deseja tão somente a felicidade dos seres e, para que essa felicidade exista no mundo, para que todos vivam com paz de espírito e consciência tranqüila, é preciso que todos se convençam de que têm que dominar o seu "eu", têm que sobrepujar a matéria, têm que dar largas à razão, ao bom senso e agir sempre com critério, valor e honradez. Tudo se normaliza, tudo se coloca nos seus devidos lugares, quando há senso e há razão. O que falta no mundo é justamente isso, porque a hipocrisia e a mentira ainda existem; mas no dia em que houver mais lealdade e mais franqueza haverá mais paz, mais tranqüilidade e todos se sentirão felizes.


Este mundo é cheio de imperfeições; são tantas as misérias que nele se observam que aqueles que desejam melhorar, aqueles que desejam progredir, muitas vezes se sentem entristecidos e estarrecidos, contemplando toda essa miséria humana. São o egoísmo e a vaidade que cegam as criaturas tornando-as injustas e más; o egoísmo e a vaidade levam os homens a se atacar uns aos outros, a forjar as guerras, a causar desgraças à humanidade. Procurem compreender e assimilar bem o valor dos Princípios que esta Doutrina explana e todos serão felizes.

TODAS AS PÁGINAS DO LIVRO

 1- A ARTE DE VIVER
 2- A CONDUTA E A LEI DO RETORNO
 3- A INDIFERENÇA
 4- A MENTIRA NÃO AJUDA AO PROGRESSO
 5- A MULHER
 6- A PAZ ESPIRITUAL SUPERA REVESES
 7- AJUDANDO UNS AOS OUTROS
 8- ANIMAL HUMANO
 9- ÂNIMO E VONTADE FORTES
10- ÂNIMO PARA VIVER
11- APRENDER A VIVER
12- AUSÊNCIA DE COMPREENSÃO
13- AUTOCORREÇÃO
14- CAMINHOS SEM SEGREDOS
15- CARÁTER DAS CRIANÇAS
16- CAVALHEIRISMO
17- CLARIVIDÊNCIA
18- CONHECER PARA NÃO TEMER
19- CONSTRUINDO A FELICIDADE
20- CONSTRUIR OU DESTRUIR A FELICIDADE
21- CRÍTICA DESAIROSA
22- CUIDEMOS DEVIDAMENTE DA CRIANÇA
23- CULTIVO DOS SENTIMENTOS
24- CURA DE OBSEDADOS
25- CURANDO A OBSESSÃO
26- DIVERSÃO PERIGOSA
27- DOMINANDO O GÊNIO
28- DOMÍNIO DO "EU"
29- DUAS VIDAS
30- EDUCAÇÃO E DECADÊNCIA
31- EDUCAÇÃO FALHA
32- EDUCAR OS SENTIMENTOS
33- EGOÍSMO E AUTORITARISMO
34- EGOÍSMO, FONTE DE SOFRIMENTOS
35- ENERGIZAR
36- EQUILÍBRIO TRAZ TRANQUILIDADE
37- ERROS DESCULPÁVEIS
38- ESCLARECER-SE PARA SER FELIZ
39- ESPIRITUALIZAÇÃO, ÚNICA VIA PARA A FELICIDADE
40- EVITANDO FRACASSOS
41- EVOLUÇÃO SEM MEDO
42- EXERCÍCIO DO LIVRE-ARBÍTRIO
43- FALAR AOS ESPÍRITOS
44- GRAUS DE ESPIRITUALIDADE
45- IGNORÂNCIA DA VERDADE
46- IGNORÂNCIA E CONFIANÇA
47- IGNORANDO A ESPIRITUALIDADE
48- IMPORTÂNCIA AO QUE IMPORTANTE É
49- IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA
50- IMPORTÂNCIA DA PSICOLOGIA
51- MALES PSÍQUICOS
52- MUDANÇA DE HÁBITOS
53- O CAPRICHO
54- O LIVRO DO TEMPO
55- ORIENTAR SEM COAÇÃO
56- PENSAMENTO, ALAVANCA DO SUCESSO
57- PERSONALIDADE ESPIRITUAL
58- REAGINDO AOS SOFRIMENTOS
59- SER ESPIRITUALISTA
60- VENCENDO OBSTÁCULOS
61- VÍCIO DE RELIGIOSIDADE
62- VIVER COM REALISMO

FONTE DO TEXTO ACIMA

LUIZ DE MATTOS - CLÁSSICOS DO RACIONALISMO CRISTÃO - Volume 1 - 2ª edição - Centro Redentor - Rio de Janeiro - 2001.
Outras obras do Autor: Pela Verdade, 9ª ed. - Vibrações da Inteligência Universal, 9ª edição.

PLANO DO TRABALHO

A obra Clássicos do Racionalismo Cristão tem por objetivo reunir os trabalhos de Luiz de Mattos, Luiz Alves Thomaz e Antonio Cottas, respectivamente, fundadores e consolidador da Doutrina. O Centro Redentor editará volumes sucessivos, sendo que os iniciais da série conterão os pronunciamentos de Luiz de Mattos, codificador doutrinário do Racionalismo Cristão.

O AUTOR DESTE WEBSITE

Busco oferecer neste sítio uma variedade abrangente de textos espiritualistas salutares e edificantes, de várias fontes, para que todos tenham a oportunidade de enriquecer e ampliar a sua cultura e desenvolver a consciência, mediante a sintonia com idéias e ensinamentos elevados. Concordo com muitas das idéias apresentadas mas não necessariamente com todas.



Sorria ao acordar
e antes de dormir!

Muito obrigado pela visita,
veja sempre as novidades!








Google
 
Web www.eurooscar.com










Se não vê à esquerda o menu
rolante do site, clique aqui.

If you do not see the left
scrolling menu, click here.






Home