RACIONALISMO CRISTÃO - 33

EGOÍSMO E AUTORITARISMO

Feliz a criatura que se conhece a si própria! Feliz, porque, conhecendo-se a si mesma, reconhece os seus defeitos, as suas imperfeições e tem, portanto, a oportunidade de corrigir-se. Infelizes daqueles que não se conhecem, porque, não se conhecendo, não se apercebem do ridículo em que caem, dos papéis tristes que representam. Todas as criaturas devem saber reconhecer aquilo que são, a capacidade que possuem e, assim, viverem com naturalidade, com simplicidade. É muito mais honrosa essa conduta do que as criaturas quererem aparentar aquilo que nunca conseguirão ser.


Quanto mais modesta e simples a criatura, mais consideração, respeito e admiração terá; quanto mais inteligente e preparada, mais simples deve ser, porque a sua inteligência aparecerá mais fulgurante ainda; debaixo da sua simplicidade, esconderá aquilo que sabe, mas dá valor ao que valor tem, certa, porém, de que "honrarias, mais vale merecê-las e não tê-las, do que tê-las e não merecê-las". Tudo, enfim, que é balofo, superficial, tudo que é exterioridade, não deve ter valor para as criaturas de caráter bem formado. Aqueles a quem faltam alicerces morais, intelectuais ou materiais, por circunstâncias várias podem subir na vida e daí tornarem-se vaidosos e pretensiosos, grandemente orgulhosos, mas, amanhã, pode tudo ruir por terra e fragorosamente.


Aprenda a criatura a conhecer-se a si própria, procure aquilatar bem o seu valor, aquilo que é capaz de produzir e de ser. Esforce-se, não há dúvida nenhuma, por sempre saber enriquecer a sua mente, aumentar a sua cultura e até os bens materiais, mas nunca aumentar a vaidade, nem criar complexos que lhe poderão ser bastante desagradáveis no futuro. O homem é aquilo que é, e não aquilo que aparenta ser. Nem sempre as exterioridades traduzem o que intimamente são; é preferível ser superior no íntimo, do que mostrar superioridade e ser inferior intimamente. Tudo o que é superficial é pernicioso, e o Racionalismo Cristão, que se bate pela Verdade e somente pela Verdade, que não afirma senão aquilo que está baseado nessa Verdade, quer que todos sejam sinceros e verdadeiros para consigo próprios, e, assim sendo, eles serão também justos para com o seu semelhante.


Caminham os homens, na época presente, de maneira bastante duvidosa, porque a maioria deles pretende somente aparentar, subir, galgar posições para depois abusarem dessas posições, abusarem dos direitos que possuem, e descem, moralmente, descem na sua honestidade, tornar-se-ão, enfim, criaturas indesejáveis. Não adianta subir assim. É preferível nunca ter subido, é preferível manter-se na sua posição de trabalhador honesto, do que subir, galgar postos para deles fazer mau uso.


É uma obsessão que vem dominando os seres: "a do mando" ou do luxo, da riqueza, do quererem aquilo que os outros possuem. Invejar as posições altas, a riqueza dos outros é estar o ser a prejudicar-se, e nada mais. Em vez de invejarem, em vez de quererem usufruir fortuna, em vez de quererem posições para gozarem delas, saibam aumentar o seu quinhão, honestamente, por meio do trabalho, por meio do seu labor, do seu braço forte, rijo, mas sempre honesto e bom. Quererem aquilo que vêem nos outros, e perderem o que de bom possuem, a moral e a honestidade, é degradarem-se.


Quando a humanidade for mais esclarecida, estamos certos de que ela pensará melhor, acabarão as prepotências, cessarão os sentimentos que levam os homens à guerra, passarão eles a ser mais justos, mais sinceros, e sobretudo modestos. Não queiram vitórias sem lutas, pois nada se consegue de bom neste mundo sem sacrifícios e sem trabalho, e tudo aquilo que é adquirido sem sacrifícios e sem trabalho não medra, não progride. Saibam alcançar aquilo a que suas almas aspiram, honestamente, pelo trabalho, pelo esforço, pela constância; sejam sinceros e altruístas, e darão, assim, uma grande satisfação ao espírito, quando partirem deste mundo. Ponham de parte a vaidade, o orgulho, o egoísmo, e procurem ser aquilo que são.

TODAS AS PÁGINAS DO LIVRO

 1- A ARTE DE VIVER
 2- A CONDUTA E A LEI DO RETORNO
 3- A INDIFERENÇA
 4- A MENTIRA NÃO AJUDA AO PROGRESSO
 5- A MULHER
 6- A PAZ ESPIRITUAL SUPERA REVESES
 7- AJUDANDO UNS AOS OUTROS
 8- ANIMAL HUMANO
 9- ÂNIMO E VONTADE FORTES
10- ÂNIMO PARA VIVER
11- APRENDER A VIVER
12- AUSÊNCIA DE COMPREENSÃO
13- AUTOCORREÇÃO
14- CAMINHOS SEM SEGREDOS
15- CARÁTER DAS CRIANÇAS
16- CAVALHEIRISMO
17- CLARIVIDÊNCIA
18- CONHECER PARA NÃO TEMER
19- CONSTRUINDO A FELICIDADE
20- CONSTRUIR OU DESTRUIR A FELICIDADE
21- CRÍTICA DESAIROSA
22- CUIDEMOS DEVIDAMENTE DA CRIANÇA
23- CULTIVO DOS SENTIMENTOS
24- CURA DE OBSEDADOS
25- CURANDO A OBSESSÃO
26- DIVERSÃO PERIGOSA
27- DOMINANDO O GÊNIO
28- DOMÍNIO DO "EU"
29- DUAS VIDAS
30- EDUCAÇÃO E DECADÊNCIA
31- EDUCAÇÃO FALHA
32- EDUCAR OS SENTIMENTOS
33- EGOÍSMO E AUTORITARISMO
34- EGOÍSMO, FONTE DE SOFRIMENTOS
35- ENERGIZAR
36- EQUILÍBRIO TRAZ TRANQUILIDADE
37- ERROS DESCULPÁVEIS
38- ESCLARECER-SE PARA SER FELIZ
39- ESPIRITUALIZAÇÃO, ÚNICA VIA PARA A FELICIDADE
40- EVITANDO FRACASSOS
41- EVOLUÇÃO SEM MEDO
42- EXERCÍCIO DO LIVRE-ARBÍTRIO
43- FALAR AOS ESPÍRITOS
44- GRAUS DE ESPIRITUALIDADE
45- IGNORÂNCIA DA VERDADE
46- IGNORÂNCIA E CONFIANÇA
47- IGNORANDO A ESPIRITUALIDADE
48- IMPORTÂNCIA AO QUE IMPORTANTE É
49- IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA
50- IMPORTÂNCIA DA PSICOLOGIA
51- MALES PSÍQUICOS
52- MUDANÇA DE HÁBITOS
53- O CAPRICHO
54- O LIVRO DO TEMPO
55- ORIENTAR SEM COAÇÃO
56- PENSAMENTO, ALAVANCA DO SUCESSO
57- PERSONALIDADE ESPIRITUAL
58- REAGINDO AOS SOFRIMENTOS
59- SER ESPIRITUALISTA
60- VENCENDO OBSTÁCULOS
61- VÍCIO DE RELIGIOSIDADE
62- VIVER COM REALISMO

FONTE DO TEXTO ACIMA

LUIZ DE MATTOS - CLÁSSICOS DO RACIONALISMO CRISTÃO - Volume 1 - 2ª edição - Centro Redentor - Rio de Janeiro - 2001.
Outras obras do Autor: Pela Verdade, 9ª ed. - Vibrações da Inteligência Universal, 9ª edição.

PLANO DO TRABALHO

A obra Clássicos do Racionalismo Cristão tem por objetivo reunir os trabalhos de Luiz de Mattos, Luiz Alves Thomaz e Antonio Cottas, respectivamente, fundadores e consolidador da Doutrina. O Centro Redentor editará volumes sucessivos, sendo que os iniciais da série conterão os pronunciamentos de Luiz de Mattos, codificador doutrinário do Racionalismo Cristão.

O AUTOR DESTE WEBSITE

Busco oferecer neste sítio uma variedade abrangente de textos espiritualistas salutares e edificantes, de várias fontes, para que todos tenham a oportunidade de enriquecer e ampliar a sua cultura e desenvolver a consciência, mediante a sintonia com idéias e ensinamentos elevados. Concordo com muitas das idéias apresentadas mas não necessariamente com todas.



Sorria ao acordar
e antes de dormir!

Muito obrigado pela visita,
veja sempre as novidades!








Google
 
Web www.eurooscar.com










Se não vê à esquerda o menu
rolante do site, clique aqui.

If you do not see the left
scrolling menu, click here.






Home