RACIONALISMO CRISTÃO - 51

MALES PSÍQUICOS

Os males psíquicos, as enfermidades psíquicas, têm uma causa externa a qual precisa ser conhecida por aqueles que tratam dos enfermos, para que haja eficiência no tratamento. Uma criatura obsedada, avassalada, exige a máxima atenção e muita calma por parte daqueles que com ela convivem ou dos que estão encarregados de normalizá-la. Calma e energia, mas energia espiritual, devem ter aqueles que têm de estar junto do enfermo. Um obsedado não se cura com condescendências. Não se deve condescender com a sua obsessão. Mas a energia empregada para com o obsedado deve ser de valor e ação, e não e nunca aquela que deixa transparecer irritação.


Fazer com que o obsedado venha a si, com que ele passe a normal, é trabalho custoso, mas conseguível, quando a obsessão é recente. O ambiente é tudo para um obsedado. Havendo ambiente de irritação, de sacrifício e desânimo, o obsedado sofre toda a influência dessa situação espiritual. É preciso que as criaturas encarem tudo na vida com naturalidade, em particular, as enfermidades psíquicas. Não tenham receio, nem medo, nem pavor daqueles que são enfermos psíquicos, porque a enfermidade psíquica não pega. A influência astral inferior que se exerce sobre o obsedado afasta-se pela calma, pela energia e pela ação sempre cristã de todos para com o enfermo.


Nada de receios, nada de pavor, porque, como já dissemos, não é uma enfermidade que contagie. O enfermo deve ser tratado com atenção especial por parte daqueles a quem está entregue e disso se trata no capítulo XVIII do livro Racionalismo Cristão. Não devem, pois, as criaturas se religarem mentalmente com os obsessores do enfermo. Precisam todos estar bem ao par do que encerra a obra Racionalismo Cristão. Estando os seres ao par daquilo que essa obra encerra, é pôr em prática os seus ensinamentos, como já dissemos, e criar-se um ambiente de calma, paz e harmonia.


Afastada a má assistência dos enfermos, o que se efetua nas limpezas psíquicas, restam apenas os vícios adquiridos antes e durante a obsessão. E essa parte tem grande importância na cura dos obsedados. É na educação, é na corrigenda dos maus hábitos e vícios que se deve exercer toda a energia, toda a força de vontade para que o enfermo não atraia novos obsessores. É preciso ter o seu espírito sempre ocupado em coisas úteis, para impedir que se entregue de novo aos maus hábitos.


Aprendam a curar os enfermos da alma, a curá-los pela ação enérgica e espiritual, a curá-los pelo ambiente que devem criar em redor deles, a curá-los com a noção nítida daquilo que fazem como criaturas já esclarecidas. Os males psíquicos desaparecerão quando as criaturas forem esclarecidas, quando elas tiverem noção do valor do pensamento, do valor da lei de atração, quando tiverem em si próprias desenvolvidas as energias para a defesa contra as correntes perturbadoras originadas pelos obsessores.


É preciso, portanto, esclarecer a humanidade para que se livre dos males psíquicos e para que possa viver com saúde e em paz. Uma vez esclarecida a criatura, convicta do que é como Força e Matéria e do que vale o pensamento, saberá estar dentro da corrente do bem, não mais se deixará avassalar nem obsedar.

TODAS AS PÁGINAS DO LIVRO

 1- A ARTE DE VIVER
 2- A CONDUTA E A LEI DO RETORNO
 3- A INDIFERENÇA
 4- A MENTIRA NÃO AJUDA AO PROGRESSO
 5- A MULHER
 6- A PAZ ESPIRITUAL SUPERA REVESES
 7- AJUDANDO UNS AOS OUTROS
 8- ANIMAL HUMANO
 9- ÂNIMO E VONTADE FORTES
10- ÂNIMO PARA VIVER
11- APRENDER A VIVER
12- AUSÊNCIA DE COMPREENSÃO
13- AUTOCORREÇÃO
14- CAMINHOS SEM SEGREDOS
15- CARÁTER DAS CRIANÇAS
16- CAVALHEIRISMO
17- CLARIVIDÊNCIA
18- CONHECER PARA NÃO TEMER
19- CONSTRUINDO A FELICIDADE
20- CONSTRUIR OU DESTRUIR A FELICIDADE
21- CRÍTICA DESAIROSA
22- CUIDEMOS DEVIDAMENTE DA CRIANÇA
23- CULTIVO DOS SENTIMENTOS
24- CURA DE OBSEDADOS
25- CURANDO A OBSESSÃO
26- DIVERSÃO PERIGOSA
27- DOMINANDO O GÊNIO
28- DOMÍNIO DO "EU"
29- DUAS VIDAS
30- EDUCAÇÃO E DECADÊNCIA
31- EDUCAÇÃO FALHA
32- EDUCAR OS SENTIMENTOS
33- EGOÍSMO E AUTORITARISMO
34- EGOÍSMO, FONTE DE SOFRIMENTOS
35- ENERGIZAR
36- EQUILÍBRIO TRAZ TRANQUILIDADE
37- ERROS DESCULPÁVEIS
38- ESCLARECER-SE PARA SER FELIZ
39- ESPIRITUALIZAÇÃO, ÚNICA VIA PARA A FELICIDADE
40- EVITANDO FRACASSOS
41- EVOLUÇÃO SEM MEDO
42- EXERCÍCIO DO LIVRE-ARBÍTRIO
43- FALAR AOS ESPÍRITOS
44- GRAUS DE ESPIRITUALIDADE
45- IGNORÂNCIA DA VERDADE
46- IGNORÂNCIA E CONFIANÇA
47- IGNORANDO A ESPIRITUALIDADE
48- IMPORTÂNCIA AO QUE IMPORTANTE É
49- IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA
50- IMPORTÂNCIA DA PSICOLOGIA
51- MALES PSÍQUICOS
52- MUDANÇA DE HÁBITOS
53- O CAPRICHO
54- O LIVRO DO TEMPO
55- ORIENTAR SEM COAÇÃO
56- PENSAMENTO, ALAVANCA DO SUCESSO
57- PERSONALIDADE ESPIRITUAL
58- REAGINDO AOS SOFRIMENTOS
59- SER ESPIRITUALISTA
60- VENCENDO OBSTÁCULOS
61- VÍCIO DE RELIGIOSIDADE
62- VIVER COM REALISMO

FONTE DO TEXTO ACIMA

LUIZ DE MATTOS - CLÁSSICOS DO RACIONALISMO CRISTÃO - Volume 1 - 2ª edição - Centro Redentor - Rio de Janeiro - 2001.
Outras obras do Autor: Pela Verdade, 9ª ed. - Vibrações da Inteligência Universal, 9ª edição.

PLANO DO TRABALHO

A obra Clássicos do Racionalismo Cristão tem por objetivo reunir os trabalhos de Luiz de Mattos, Luiz Alves Thomaz e Antonio Cottas, respectivamente, fundadores e consolidador da Doutrina. O Centro Redentor editará volumes sucessivos, sendo que os iniciais da série conterão os pronunciamentos de Luiz de Mattos, codificador doutrinário do Racionalismo Cristão.

O AUTOR DESTE WEBSITE

Busco oferecer neste sítio uma variedade abrangente de textos espiritualistas salutares e edificantes, de várias fontes, para que todos tenham a oportunidade de enriquecer e ampliar a sua cultura e desenvolver a consciência, mediante a sintonia com idéias e ensinamentos elevados. Concordo com muitas das idéias apresentadas mas não necessariamente com todas.



Sorria ao acordar
e antes de dormir!

Muito obrigado pela visita,
veja sempre as novidades!








Google
 
Web www.eurooscar.com










Se não vê à esquerda o menu
rolante do site, clique aqui.

If you do not see the left
scrolling menu, click here.






Home