REVISTA AMALUZ - 29



VIVENDO OS MUNDOS INTERIORES E EXTERIORES


POR DRUNVALO MELCHIZEDEK

Nova Iorque 1º de novembro de 1998

PARTE 2

Fui à Cidade do México com 40 testemunhas, quando não se conseguia ver nem mesmo três quarteirões à frente. Era uma grande cúpula marrom. Não se enxergava o céu. Apenas usando as mesmas energias que os R2s usam, essencialmente espirais baseadas numa Mer-Ka-Ba (vocês têm exatamente isso ao redor de seu corpo), e apenas fazendo a vibração percorrer nossos campos de energia humanos, a mesma geometria usada para ativar essas espirais, somente ficando ali, abre-se um buraco azul e vê-se esta poluição retroceder. Retrocedeu cerca de três quilômetros, deixando um céu perfeitamente azul, o ar claro, limpo e fresco de se respirar e um muro de poluição por toda a volta. Mantivemos essa abertura lá durante três horas e quinze minutos. No momento em que interrompemos a vibração por meio da meditação, o muro voltou num instante em nossa direção, envolvendo-nos na poluição atmosférica. Fizemos isso no México, Austrália, Inglaterra e Holanda.


Qualquer um pode fazer isto. Foi isso que usamos para ensinar no Workshop Earth-Sky (Terra-Céu), embora a diretriz do Earth-Sky tenha mudado um tanto agora. O potencial humano é grande. É enorme; é imenso. Somos como uma máquina poderosa funcionando com um cilindro só. Estamos usando apenas uma pequena parte de um lado de nosso cérebro. Estamos funcionando apenas com 20 dos 64 códons de nosso ADN. Os códons são como programas aplicativos de computador. É como se estivéssemos capengando. Se nos alinharmos com a Terra, o Sol e com toda a vida, e permitir que a presença de Deus entre em nós e nos use, tudo é possível. Todos os nossos problemas poderiam terminar bem depressa. Vejamos o que acontece aqui. Acho que tudo vai dar muito certo.


Pergunta: Há muitas informações por aí neste momento e temos de usar discernimento para saber quais nos servem.
Eu estava pensando nos seres de outros mundos que existem por aí, conversas sobre aterrissagens em massa e sobre eles estarem prontos para nos ajudar quando estivermos prontos para aceitá-los. Eu estava imaginando o que você acha desse assunto?


Drunvalo: Não é tão direto e simples. Se uma nave (nave espacial) aterrissasse aqui neste momento eu não iria com eles porque, para começo de assunto, levei muito tempo para chegar aqui. Na verdade é um tipo de coisa pessoal. Há quem deseje ser removido desta atual provação, mas o nível mais elevado é passar por ela organicamente sem ajuda externa, para compreendermos como realizar esta mudança, deslocando-nos conscientemente pelas dimensões sem nenhuma ajuda externa. Não precisamos de naves, a Mer-Ka-Ba (corpo de luz humano) fará tudo isto para nós. Se, por outro lado, vocês sentirem que necessitam desta ajuda externa e então manifestarem uma nave, subirem nela e decolarem, tudo bem. Vocês ainda vão ter seus problemas. Seus problemas emocionais e mentais não vão simplesmente desaparecer. De um jeito ou de outro vocês vão ter de se haver com essa coisa dentro de nós que desenvolvemos no decorrer de milhares de anos.


É trabalhar nossos problemas dentro de nós que nos trás a clareza e compreensão. Na verdade, é mais complexo que isso, mas tudo bem. As pessoas manifestarão o que desejam.


Vou apenas acrescentar algo para o grupo. Estamos criando nosso mundo minuto a minuto. Vocês já ouviram muito isso, mas talvez não saibam em que extensão. Vocês realmente estão criando a estrela mais distante e tudo mais, toda vez que respiram. Podemos observar isto em escala mundial, e podemos observar a partir da nova religião do século 20 chamada ciência, a ciência é isto — uma religião. É um padrão de crença — é uma maneira particular de crer no que pensamos ser verdade. Nós realmente acreditamos na ciência, acreditamos mesmo. Acreditamos mais nela do que acreditávamos na Igreja Católica e outras religiões. O que aconteceu com a ciência? A ciência estava seguindo seu curso e por volta dos anos 50, segundo a matemática, se esta nova ciência estivesse correta, então teriam de existir estes objetos (quasares) além dos confins do espaço, bilhões de anos-luz distantes, ou a nova ciência deveria estar errada. Então, começaram a procurar quasares, mas ninguém conseguia encontrar um. Finalmente, certo dia, uma pessoa encontrou um quasar e todos começaram a pular para lá e para cá, dizendo: "Uau, olhem só, está mesmo lá." No dia seguinte, todos os estavam achando por todo lado, quasares por toda parte. Então, como nossas teorias matemáticas continuaram progredindo, propusemos a teoria do super cordão na qual algumas pessoas muito fortes e poderosas começam a acreditar. Mas se esta nova teoria fosse verdadeira, deveria haver linhas azuis cortando o espaço. Ninguém nunca viu linhas azuis cortando o espaço, elas não existiam. Finalmente, certo dia, um cientista descobriu uma linha azul cortando o espaço. No dia seguinte, cientistas por toda parte descobriram linhas azuis por todos os lados. É assim que a criação funciona. Nós a inventamos.


Esta novidade da Estrela Magna é interessante. Apareceu do nada. De repente eis uma Estrela Magna. Toda Estrela Magna é uma estrela pulsante, só que gira extremamente rápido — duzentos vezes por segundo ou algum valor impossível como esse — produzindo este campo magnético imenso. Poderíamos ficar dando exemplos, mas vocês descobrirão que se queremos algo, vamos fazer com que aconteça se acreditarmos o suficiente. Fazemos isso em pequena escala em nossas vidas cotidianas e também em grande escala. Quando realmente nos reunirmos em todo mundo e tivermos um sonho comum, uma visão comum, faremos nosso sonho acontecer. Penso que chegará o tempo em que todos nos uniremos neste mundo, faz parte da profecia hopi. É uma das últimas partes da profecia. Robert Ghost Wolf (cacique de tribo de índios norte-americanos) não entrou na última parte da profecia. Entrou na parte do meio, na qual tudo era tristeza e desalento, tudo estava desmoronando; era horrível e feio e tudo isso estava acontecendo, mas bem no final, de repente, o mundo todo se livra de toda a poluição — a água, os céus, os oceanos — tudo fica limpo e claro. No dia seguinte todos se apaixonam uns pelos outros. Ocorre uma bela unicidade. Passamos então, cheios de amor, para o próximo mundo. É isso o que dizem os hopi. (aplausos)


Vamos realizar esta mudança. Sei que vamos. Para mim é passado. Sei que vamos chegar lá, mas ainda temos de vivê-la. Resume-se a confiar e acreditar em si mesmos, não importa se vocês vêem montanhas subindo e descendo. Apenas permaneçam centrados, e acreditem em Deus e em si. Tudo vai indo bem.


Pergunta: Anteriormente você descreveu como a energia prânica atravessa a pineal e altera a consciência. Li que seria benéfico elevar nossa consciência até a pineal e estou imaginando que efeito isto teria no campo da Mer-Ka-Ba?
Drunvalo: Esta é uma pergunta técnica sobre a Mer-Ka-Ba que nem todos aqui vão entender. A razão pela qual deslocamos a Mer-Ka-Ba para este chakra bem aqui (chakra do coração, logo acima do esterno) é porque é para cá que a Terra está direcionada agora. Neste momento, a Terra está no umbigo, bem aqui neste ponto, como planeta. Estamos prestes a ir para cá (chakra do coração), mas não vamos parar ali, pois vamos continuar subindo a níveis bem acima da cabeça. E a certa altura vamos nos deslocar bem depressa. Para muitas pessoas que fizeram anos de meditação, este movimento (a mudança do umbigo para o coração) talvez dê a impressão de haver muito mais nos chakras superiores, por que ficar aqui em baixo? Mas é simplesmente porque é assim que a Terra está se deslocando neste momento. Meu trabalho, novamente, é não ir além do sistema solar nem da Terra, e sim me deslocar com a Mãe Terra nesta mudança.


Há pessoas falando sobre subir aos planos superiores dessa maneira. É possível usar esses planos superiores com a Mer-Ka-Ba, contanto que sua respiração não esteja estabelecida nesses níveis. Se ela estiver, nem assim é ruim ou errado, mas para fazer isso é melhor vocês terem uma permissão muito boa de seu Eu Superior. Porque, a menos que haja um propósito ou razão real para fazer isso, vocês não estão alinhados com a Terra.


Eu nunca recomendaria nem sugeriria isso a ninguém, mas se vier de dentro de vocês, não se alguém lhes disser para fazer isso, ou disser que é uma boa idéia, mas se em suas meditações com seu Eu Superior, seu Eu Superior disser que é isto o que vocês devem fazer, então tudo certo.


Sempre que vocês mudarem o ponto no qual os dois fluxos primais de energia se encontram em seu interior, ou alterarem as velocidades, isso afetará a natureza de sua consciência e o rumo de seu espírito. É isso que todos (os ETs) por aí estão estudando, não importa sua aparência ou o tamanho das cabeças deles, todos eles estão estudando uma coisa, que é a Ciência da Mer-Ka-Ba (Corpo de Luz). Porque este é o padrão de criação de todo o universo, e há centenas de milhares de níveis de consciência possíveis conhecidos. Cada um, cada nível de consciência, uma vez que vocês entram nessa Mer-Ka-Ba, se olharem para fora através de seus olhos, se tiverem olhos, todo o mundo de criação será diferente. Não será o mesmo. Então, o estudo de todos os níveis de consciência é o foco principal da existência.


Pergunta: Ainda há razão para continuarmos respirando na Mer-Ka-Ba de grupo?
Drunvalo: Somente se sentirem haver necessidade de continuar fazendo isso, porque a esta altura, pelo que posso dizer, não há razão para tanto. Se sua orientação interior lhes disser para continuar fazendo isso, então continuem. Vocês serviram a este imenso propósito em vida em favor da Terra, porque vocês deram à Terra uma vibração da qual ela precisava para ativar sua própria Mer-Ka-Ba. A Mer-Ka-Ba dela agora está funcionando perfeitamente. Está funcionando perfeitamente.O verdadeiro propósito secreto por trás das três fases era levar a Terra a uma consciência mais elevada e ativar sua Mer-Ka-Ba. Tudo certo, vocês podem continuar a trabalhar desse modo se desejarem, mas também está muito bem não fazer isso e reverter a um único campo de Mer-Ka-Ba.


Pergunta: Às vezes sentimos que nossa Mer-Ka-Ba de grupo aumenta e amplia problemas emocionais negativos.
Drunvalo: Isso mesmo. (Risos)


Pergunta (continuação da anterior): Estamos passando por muitos distúrbios emocionais em nossas vidas e famílias. Depois de passarmos por isso e voltarmos juntos e a Mer-Ka-Ba ancorar, se purificar e se estabelecer, às vezes temos a sensação de que seja qual for o problema em particular no qual estamos trabalhando, ele foi semeado na rede, e estamos tentando adivinhar o que estava acontecendo.
Drunvalo: Acho que não, simplesmente as três fases são um imenso campo de Mer-KaBa. A Mer-Ka-Ba de grupo tem um enorme campo de Mer-Ka-Ba. Quando duas pessoas respiram juntas de certa maneira, coisas complicadas são criadas; são Mer-Ka-Bas dentro de Mer-Ka-Bas dentro de Mer-Ka-Bas dentro de Mer-Ka-Bas. A última Mer-Ka-Ba mede de lado a lado cerca de 2,5 milhões de quilômetros. Abarca a Terra. É um campo poderosíssimo.


Os militares ficaram loucos com isto. Seus campos de Mer-Ka-Ba aparecem nas telas deles permitindo que vejam onde vocês estão. Mas quando sobrevêm as três fases é como a explosão de uma bomba atômica; é tão imenso. Eles seguiram o rastro dessas pessoas com muito cuidado durante muito tempo, porque vocês eram, basicamente, uma ameaça à segurança nacional. Duas pessoas nas três fases são mais poderosas do que o arsenal militar mundial.


Pergunta: O que podemos fazer em relação à dinâmica masculino-feminino comparada com a dinâmica entre o Sol e a Terra?
Drunvalo: Bem, o equilíbrio entre o Sol e a Terra tem andado capenga já há algum tempo. O Sol mudou seu eixo; a Terra ainda está num plano diferente. Ainda não mudamos de órbita, o que faremos. Vamos entrar numa nova órbita. Isto levará aproximadamente 15 anos e então voltaremos à nova órbita planetária, e será então que o equilíbrio nos planos exteriores de nossa existência vão voltar à harmonia. Há uma razão para a situação atual. Mas é difícil porque quando homens e mulheres falam uns aos outros existe certa distorção na comunicação, caso vocês não tenham reparado nisso. (Risos)


Quando um homem diz algo a uma mulher, ela literalmente ouve algo diferente, e quando ela responde ao homem, ele ouve algo diferente. A comunicação de mulher para mulher ou de homem para homem é bem boa, mas entre os sexos existe uma grande distorção já há mais de 20 anos. Isto não facilita as coisas, mas também nos deu a oportunidade de crescer muito rapidamente, de trabalhar muitos padrões kármicos e coisas assim. Isso é bom. Estamos apenas nos deslocando rapidamente, mas estamos equilibrando padrões kármicos muito, muito rapidamente.


Entender que nos encontramos num campo distorcido neste momento ajuda. Mas simplesmente é necessária muita paciência. Ajuda aceitar que não é fácil agora. Até que o universo, e especificamente o sistema solar, se realinhe, os relacionamentos humanos não vão ser fáceis, e ainda assim esta situação fora do comum nos dá a chance de realizar mudanças muito rapidamente.

INÍCIO DO TEXTO

PARTE 1

ÍNDICE GERAL

Todas as páginas desta seção

FONTE DO TEXTO

(http://www.amaluz.com.br). Publicado originariamente na revista Amaluz, que não mais tem sido editada, embora fosse uma ótima publicação. Fazemos votos de que possa renascer, com a mesma qualidade de antes.




Google
 
Web www.eurooscar.com

www.eurooscar.com - Autor: Euro Oscar - © 2008
Direitos Reservados - Contato: eurooscar@gmail.com


Se veio até aqui por um link externo e não vê o menu fixo à esquerda, clique aqui, para melhor usar e controlar o site.


Página inicial do site