REVISTA AMALUZ - 55



O QUE RESTA FAZER: ABRACEM
SUA CRIANÇA INTERIOR - 1


P'TAAH, POR MEIO DE JANI KING


(Obs. de E.O.: Dividi o texto em
3 partes, para a INTERNET)


PARTE 1

Saudações, amados! Que maravilha, realmente, estar entre vocês. É uma grande honra para mim compartilhar a essência que é vocês. Vocês são uma grandiosa e maravilhosa, poderosa e multidimensional expressão da Fonte.


Aquilo que vocês são é realmente impressionante. Aquilo que vocês são existe em todas as realidades neste momento de agora. Vocês criam sua própria realidade plenamente a cada agora.


Percebem como é importante vocês saberem isto? Vocês são um grandioso e maravilhoso corpo de energia eletromagnética, e atraem para si a cada agora aquilo que lhes mostra quem e o que vocês são, como vocês são poderosos.


Não existe jamais uma experiência ou situação em sua vida que vocês não tenham criado totalmente. Entendam, meus amados, enquanto não conseguirem assumir responsabilidade por aquilo que criam, vocês sempre serão vítimas.

O que significa ser vítima? Significa que vocês são incapazes de transformar sua vida. E afinal, foi por isso que vocês apareceram nesta realidade, neste agora, nesta estrutura de tempo.


De certo modo, pode-se dizer que em todas as vidas por vocês chamadas seu passado e seu futuro, vocês simplesmente escolhem pela experiência que elas proporcionam. Vocês escolhem! Jamais são forçados a entrar na realidade humana.


E por que vocês escolhem isto? Pela intensidade da experiência emocional, só isso! Vocês são deuses e deusas participando de um jogo chamado vida, vida humana agora, e podem jogá-lo como bem desejarem. Não existe julgamento.


Quando alguns de vocês olham sua experiência de vida, dizem: "Devo estar maluco! Por que eu escolheria este inferno?" Lembrem-se, quando vocês vêem histórias de terror, que cada vida é como um piscar de olhos, e toda ela está ocorrendo agora.


Quem quer ser iluminado? Levantem as mãos. Azar! Esqueçam a iluminação! Vocês já são seres iluminados. A única coisa que os impede de saber isso é na verdade apenas um medo minúsculo. Vocês esqueceram sua própria verdade. Vocês já estão experimentando vidas como humanos realizados.


Quantos de vocês desejam a iluminação para fugir do medo e da dor? Azar! Não existe escapatória, só transformação! E transformação é uma escolha. É o seu poder. Um de seus pequenos obstáculos é que ninguém realmente lhes diz como.


A simplicidade da coisa toda se perde nas histórias. Façam e não façam, devem e não devem fazer, façam isto desse jeito ou percam o bonde. Quem tem medo de perder o bonde? Vocês não perderão o bonde.

Existem quatro chaves para a transformação:
Primeira: Vocês podem transformar apenas o que possuem. Se existir alguma coisa em sua vida, inclusive medo e dor, que vocês não possuírem, reconhecerem e pela qual não assumirem responsabilidade, como poderão transformá-la?


Enquanto não assumirem responsabilidade, sua vida não se transformará. Enquanto invalidarem qualquer faceta sua, não poderão transformá-la. Faz sentido? Somos muito, muito sensatos, lógicos, na verdade. Vocês não podem transformar o que não possuem.


Segunda: Vocês podem transformar apenas no agora. De certa maneira, vocês não têm passado nem futuro. Vocês não podem transformar no seu passado. Não podem transformar no seu futuro. Porém, paradoxalmente, quando escolhem a transformação no agora, transformam seu passado e seu futuro.


Terceira: Esta é muito importante. Vocês só podem transformar enquanto estiverem na emoção da dor ou medo. Vamos repetir: Vocês só podem transformar enquanto estiverem na e-moção de dor e medo porque sua emoção é sua fonte de poder.


Se vocês pudessem transformar seu mundo usando seu intelecto, então realmente seu mundo seria um lugar muito diferente deste agora.


Seu intelecto foi projetado para realizar o desejo de seu coração. Ele era o aprendiz, não o mestre. Sua realidade é criada de pensamento e convicção envolvidos por aquele poder chamado e-moção.


A e-moção é a energia magnética que cria a realidade, a energia que atrai a vocês as experiências que lhes mostram quem são vocês, as polaridades de sua realidade — amor/medo. Porém, tudo isso é simplesmente energia.


A energia do medo é uma freqüência mais lenta, mais densa. Vocês são os deuses e deusas alquimistas. Seu poder extraordinário tem capacidade de alterar a matéria e transformar energia densa em energia leve, medo em amor. Dessa forma, sua essência emocional é a força de seu poder em sua realidade.


Quarta: Vocês podem transformar apenas o que possuem no agora, enquanto estiverem na emoção, e a seguir por meio de seu acolhimento total. O que é que vocês normalmente tentam fazer quando sentem medo? Superá-lo? Bloqueá-lo? Tentam se desprender ou se livrar dele? Invalidá-lo? Escondê-lo debaixo do tapete ou correr feito loucos dele?


Não dá certo, não é? Ao olhar sua vida, vocês vêem como têm recriado e recriado histórias que, embora possam ser diferentes em sua realidade exterior, apesar disso acarretam o mesmo antigo sentimento.


É claro que os sentimentos básicos são de impotência, inferioridade, desmerecimento, incapacidade, abandono e a crença de que vocês existem num mundo hostil.


Alguma coisa nisso tudo parece familiar para alguém? É a história do ser humano, e vocês esqueceram a grandiosa verdade vida após vida.

E qual, acham vocês‚ é a verdade mais ilimitada, mais grandiosa? É que vocês são em cada momento de agora uma perfeita e eterna expressão da Fonte. Essa é sua verdade! E, como dissemos, o que os impede de saber esta verdade grandiosa é um minúsculo medo de que vocês não são suficientes.


Quando vocês se fazem nascer nesta realidade, nascem sabendo a verdade grandiosa. Então, enquanto ainda eram crianças, experimentaram a invalidação pela primeira vez. Vezes sem conta a negação de amor.


Quando vocês pensam no assunto com uma mente adulta, estas invalidações não eram nada demais, realmente, mas para a criança que conhecia apenas amor, era devastação total. A partir desta emoção vocês passaram a acreditar que não mereciam amor nem amar. Sentiram-se abandonados.


E à medida que cresciam um pouco e começavam a observar sua realidade exterior, vendo o que é a ausência de amor em sua realidade exterior, vocês passaram a acreditar que eram totalmente impotentes e que realmente seu mundo não era um lugar seguro para se estar. E por acreditarem nisto, assim é!


Vocês cresceram em termos de sua fisicalidade, cresceram intelectualmente, mas lá dentro, mo seu interior, havia uma criancinha que não sabe sua verdade mais grandiosa. O nome dessa criança é Medo.


E o que vocês fizeram com o medo toda sua vida? Tentaram superá-lo, dominá-lo, invalidá-lo, repeli-lo ou se livrar dele de todo jeito. Mas não passa de um criancinha que vocês trancam naquele armário escuro. O que vocês chamam iluminação é o resultado natural de amar totalmente todas as suas facetas. Como vocês podem amar o que não possuem, o que abandonaram, traíram, mantiveram trancado num armário negro?


A iluminação é o resultado natural de amar totalmente todas as suas facetas. Pode ser mais simples que isso? Não há nada a fazer. Enquanto vocês estão às voltas com seu dia-a-dia, quando estão cercados de alegria, risos, participando do jogo porque não existe nenhum julgamento negativo, quase sempre todos os canais de energia estão abertos — os canais que carregam a energia eletromagnética de suas e-moções.


E-moção — energia em movimento. A energia não pode estar em movimento quando vocês estão trancados naquele lugar de medo. Repararam que quando estão com medo, fica muito difícil respirar? Quando estão com medo, todo seu corpo fica tenso, mas quando estão alegres, respiram, seu corpo se alivia.

Seu corpo escuta tudo o que se passa em sua vida. Seu corpo é sua criação divina. Escuta cada pensamento, cada sentimento, e como faz parte de sua realidade exterior, mostra a vocês quem vocês são agora!


Quando vocês estão num lugar de medo, seu corpo fica tenso e fechado, e sente muito desconforto. É seu corpo dizendo: "Pare agora! Preste atenção! Há algo a ser resolvido aqui!"


E nesse momento, por meio dessa constatação, mesmo que vocês não estejam acostumados a prestar atenção a sentimentos, seu corpo está lhes dizendo que não se sentem bem. Quando não se sentem bem, vocês estão num lugar de medo.


Estamos captando o quadro aqui? Há uma criança menino ou menina batendo na porta de seu coração pedindo que o deixem entrar na luz. O que é a luz? É amor! E o que é amor? É outro nome do Deus/Deusa, Tudo Que Existe. É o elemento fundamental da existência. Sem amor, sem essa luz da Luz, não há existência, não há planeta Terra, não há universo, não há montanhas, rios, oceanos, florestas, não há ser humano.

Todos os átomos e moléculas que fazem parte de sua existência — de qualquer existência — deve sua existência à luz da criação. Cada átomo, cada molécula, seu corpo, a cadeira na qual estão sentados, suas construções, seus carros, flores, árvores, criaturas e todas as realidades invisíveis — sua alma, que não é humana — tudo isso deve sua existência à luz da criação. Amor, amor, acolhimento, acolhimento, compaixão.


Da próxima vez que criarem uma situação e sentirem a garra do medo lhes apertando as entranhas, parem. É seu ponto de escolha, seu ponto de poder. Vocês podem transformar apenas o que possuem no agora por meio do total acolhimento enquanto estiverem na emoção. Parem.


Se estiverem com outras pessoas, vão para o banheiro, fechem a porta e respirem. Respirem para manifestar a intenção de transformação. Respirem e vejam no olho da mente o você criança, mais velho cerca de quatro anos. E esse você criança está diante de vocês de coração sangrando, apavorado, abandonado. O que vocês fariam?


Estenderiam a mão e aninhariam a criança no seu peito. Diriam a esse lindo pequeno: "Amado do meu coração, eu amo você demais! Nunca mais vou abandoná-lo. Não tenha mais medo. Eu nunca o deixarei. Ficaremos juntos para sempre, você e eu, neste mundo seguro e maravilhoso, e juntos iremos para casa. Junto iremos para casa."

CONTINUAÇÃO DO TEXTO

Parte 2   Parte 3

ÍNDICE GERAL

Todas as páginas desta seção

FONTE DO TEXTO

(http://www.amaluz.com.br). Publicado originariamente na revista Amaluz, que não mais tem sido editada, embora fosse uma ótima publicação. Fazemos votos de que possa renascer, com a mesma qualidade de antes.




Google
 
Web www.eurooscar.com

www.eurooscar.com - Autor: Euro Oscar - © 2008
Direitos Reservados - Contato: eurooscar@gmail.com


Se veio até aqui por um link externo e não vê o menu fixo à esquerda, clique aqui, para melhor usar e controlar o site.


Página inicial do site