REVISTA AMALUZ - 62



CURAS NOTÁVEIS - 2


Por Shakuntala Modi, M. D.


(Obs. de E.O.: Dividi o texto em
5 partes, para a INTERNET)


PARTE 2


MINHA DESCOBERTA DOS ESPÍRITOS
PRESOS À TERRA (ENTIDADES)

Após Martha ter regressado a uma vida passada e ter encontrado a fonte de sua claustrofobia, comecei a usar a Terapia de Regressão a Vidas Passadas, efetivamente para tratar de pacientes com problemas físicos e emocionais.


Um dia, Breana, uma mulher de cinqüenta anos, veio a mim para se tratar de depressão e dores abdominais crônicas que era o seu sofrimento já há vários anos. Todos os seus exames físicos, testes de laboratório, gastroscopia, deram normal. Queria tentar Hipnoterapia para ver o que estava causando dores abdominais.


Sob, Hipnose, lhe pedi para ir de volta a fonte de sua dor abdominal, e ela se viu num outro tempo e numa outra vida.


Quando os pacientes se encontram em outra vida, usualmente peço, por informações que melhore em outra vida, usualmente peço, por informações que melhorem a identificação, tais como nome, idade, sexo, que ano era e qual o país.


Quando perguntei a Breana sobre estas coisas, me respondeu que era um homem branco de cinqüenta e cinco anos, e vivia em Pittsburgh, em 1974.


Observei que esta informação não podia estar correta, porque Breana estava com 50 anos e nasceu antes de 1974. Logo não poderia ser uma vida passada. Sugeri a Breana para checar de novo e ver o que estava acontecendo. Ela se tornou emocional e disse: "Este é meu pai John. Ele morreu em 1974 de câncer no estômago. Seu espírito está aqui comigo e eu posso vê-lo claramente".

Fiquei muito surpresa (Dra. Modi falando), quando li acerca de diferentes tipos de Terapia de Regressão de Vidas Passadas, fiquei conhecendo o trabalho de Irene Hickman, D.O., e que ela mencionou em seu livro "Mind Probe Hypnosis", algo sobre espíritos de pessoas possuindo sua paciente, mas até agora eu nunca tinha cruzado com nenhum.


Estava curiosa acerca do porque e como ele entrou em Breana. Então fiz as seguintes perguntas:


Dra. Modi: "John, porque você está aqui?


John: "Eu amo minha filha, depois de minha morte, ela estava tendo problemas, assim eu entrei para ajudá-la."


Dra. Modi: "Como você tem ajudado ela?


John: "Não muito, ela nem sabe que eu estou aqui. Está sofrendo com a minha dor de estômago. Porque eu morri de Câncer no estômago, mas pensa que a dor é dela".


Dra. Modi: "Já que você está aqui, de uma olhada dentro dela, e diga-me". Quem mais está aí?"


John: "Há uma porção de gente aqui dentro dela, mas eu não sei". Quem são Eles?


Breana também não pode reconhecê-los. Eram gente estranha. Fiquei imaginando o que fazer com os espíritos dessas diferentes pessoas dentro dela. Durante a Terapia de Regressão a Vidas Passadas, meus pacientes freqüentemente se referiram a Anjos e aqueles seus amados que faleceram dentro de uma brilhante Luz branca vindo para ajudá-los depois da morte de seus corpos físicos. Assim, sugeri a John para dar uma olhada em torno e me dizer o que via.


John: (surpreso) "Estou vendo uma brilhante luz branca enchendo todo o aposento e vejo a minha falecida mãe na luz, de manto branco fluídico. Ela não parece nem doente nem velha como ela estava quando morreu. Ela está sorrindo e me pedindo para ir com ela. Há também uma porção de bonitos Anjos na Luz".


Então, John e os espíritos das outras pessoas que estavam dentro de Breana foram enviados para a Luz com a mãe de John e os anjos, depois de dizerem "adeus" para Breana.


Depois da sessão, Breana e eu estávamos surpresas. Breana estava muito emocionada por ter visto seu pai e sua avó. Por um lado estava triste, mas pelo outro se sentia feliz e em Paz, sabendo que eles não estavam realmente mortos e que ambos estavam nos céus. Breana não tinha nenhuma dúvida acerca do que vira durante a sessão. Não achava que tinha sido sua imaginação.


Durante a sessão seguinte declarou que estava livre de sua prolongada depressão e dos seus problemas estomacais. Lembrou que seu pai tivera câncer no estômago e que caíra em depressão depois de saber disso.

MINHA DESCOBERTA ACIDENTAL DOS
ESPÍRITOS DEMONÍACOS (ENTIDADES)

Alguns meses mais tarde, ficaram surpresa e chocada quando um paciente sob Hipnose, me disse que ele tinha um demônio dentro de sua cabeça. Talvez seja lógico para uma pessoa que pertença à cultura americana descrever seu problema como causado por um demônio devido às suas crenças culturais e religiosas. Mas estava perdida.


Como é que você vai lidar com um demônio? O único exemplo do qual podia me lembrar veio do filme "O Exorcista", mas o meu paciente não estava apresentando as características mostradas no filme. Esse paciente, Nick, um homem de 35 anos, tinha a história de uma freqüente enxaqueca e dores de cabeça desde jovem. Ele também se descrevia sofrendo de depressão e fadiga crônica por muitos anos.


Expliquei a Nick sobre Hipnoterapia e as diferentes razões que meus pacientes no passado deram para seus problemas físicos e emocionais, incluindo o problema causado pelos traumas nesta e nas outras vidas e espíritos presos a Terra. Nick estava querendo tentar.

Assim que a sessão começou, Nick, começou a experimentar uma dor de cabeça. Pedi para olhar dentro de sua cabeça e dizer-me o que estava vendo. Observando o interior de sua cabeça disse não ver coisa alguma a não ser trevas. Conforme continua se a focalizar as trevas dentro de sua cabeça, notou algum tipo de movimento em torno e parecia como uma sombra negra. (a black blob).


Pensei que havia um espírito preso à terra em sua cabeça tentando se esconder, conforme já vira em outros pacientes. Assim tentei estabelecer comunicação com aquilo que estava se movendo em sua cabeça. Em seguida está a transcrição do que ocorreu.


Entidade na cabeça de Nick :"Eu sou um imundo, porque você quer aborrecer-me?


Dra Modi: ( Fazendo enforço para estabeceler um diálogo com a entidade) "Diga-me se você é masculino ou feminino?"


Entidade: (arrogante) "Porque eu iria querer ser um humano?"


Dra Modi: "O que você quer dizer? Se você não é humano, então o que é?


Entidade: (rindo arrogante) "Eu sou um demônio. Sou um discípulo de Satã. Ele é meu mestre e ele me mandou torturar essa pessoa".

Estava chocada e atônita. A única mudança que eu notara em Nick, foi a mudança do tom de sua voz e a expressão feroz e arrogante em sua face.


Nick normalmente falava suavemente e era gentil e polido. Nesse ponto cheguei a conclusão que a única coisa lógica a fazer seria continuar o diálogo para descobrir mais acerca do assim chamado demônio.


Dra Modi: "Que idade tinha Nick quando você se juntou a ele?"


Entidade: "Aos quinze anos, quando este garoto estúpido estava usando drogas. Isso o abriu e eu entrei".


Dra Modi: "Você disse que está aqui para torturar Nick. O que tem feito para torturá-lo?"


Entidade: (rindo) "Agora madame, porque você não acha que ele está tendo essas dores de cabeça? Estou causando, e também estou drenando sua energia, daí ele se sentir sempre cansado e esgotado o tempo todo. Posso criar qualquer tipo de problema para ele. É muito engraçado".

Conforme o assim chamado demônio falava, as dores de cabeça de Nick tornaram-se piores. Nick declarou que o aposento estava se enchendo com uma brilhante Luz Branca e muitos e muitos Seres Angélicos estavam lá. Viu os Seres Angélicos rodeando o Ser Negro, o assim chamado demônio, rodeando-o de Luz, o ser estava reagindo a Luz muito violentamente e gritando:


"Afaste essa Luz de mim. Ela irá me destruir. Irá me matar".


Nick descreveu que o Ser das trevas parecia um peixe na rede debatendo-se para escapar. Neste ponto Nick estava segurando sua cabeça devido à dor de rachar que ele estava experimentando.


Totalmente espantada com o que estava acontecendo, eu continuei:


Dra Modi: "O que aconteceu?"


Entidade: (transformada) "É essa Luz, ela está me queimando e agora vai me matar! Nós fomos ensinados por Satã a nunca chegar perto da Luz porque ela é a nossa morte. E se a Luz não me matar, Satã seguramente irá, porque eu falhei. (Ele parecia muito assustado e zangado) Eu não quero falhar. Não quero ser punido de novo por Satã.


Dra. Modi: "O que você quer dizer com "eu falhei"?


Entidade: "Não temos direito de falhar em nosso trabalho. Se você falha então Satã nos pune, torturando-nos da pior maneira".


Dra Modi: "E como você falhou?"


Entidade: "Você me localizou e isso é uma falha por Satã, e agora essa Luz".

OUTRAS PARTES DO TEXTO

Próxima (3)   Anterior (1)

ÍNDICE GERAL

Todas as páginas desta seção

FONTE DO TEXTO

(http://www.amaluz.com.br). Publicado originariamente na revista Amaluz, que não mais tem sido editada, embora fosse uma ótima publicação. Fazemos votos de que possa renascer, com a mesma qualidade de antes.




Google
 
Web www.eurooscar.com

www.eurooscar.com - Autor: Euro Oscar - © 2008
Direitos Reservados - Contato: eurooscar@gmail.com


Se veio até aqui por um link externo e não vê o menu fixo à esquerda, clique aqui, para melhor usar e controlar o site.


Página inicial do site