REVISTA AMALUZ - 96



CÁPSULA DO TEMPO
Wingmakers (Fazedores de Asas) - 10

PARTE 10 NESTE SITE
(PARTE 1 DA PARTE 9 DA REVISTA)





CONTINUAÇÃO DA ENTREVISTA

Anne: "Agora estou olhando para uma pilha de notas de US$100 que parecem ser réplicas perfeitas. Eu as estou tocando. . . novamente, parecem ligeiramente mornas quando eu as toco, mas definitivamente passariam como reais. . . fantástico. . . Eu não posso acreditar nisso. Mas não pode ser um milhão de dólares, você só manifestou US$10.000, não foi?


Dr. Anderson: " Sim, um pouco mais, um pouco menos ".

Anne: " Percebe que você acabou de arruinar sua própria credibilidade junto as pessoas que lerem essa transcrição?. Você acabou de se tornar uma pessoa em quem não se pode acreditar. Nem mesmo estou segura se deveria incluir isso, pois de qualquer forma ninguém vai acreditar, e pode arranhar sua credibilidade em todas as outras áreas de nossa discussão. Esta verdadeiramente não é uma experiência fácil de acreditar, a menos que se veja com os próprios olhos. O que eu deveria fazer?


Dr. Anderson: " Anne, se alguém vai me acreditar ou não, não é importante. De qualquer forma ninguém acredita em nada a menos que experimente, e mesmo assim, a maioria das pessoas fica em dúvida. Crença tem vida curta e sempre é questionada; como deve ser. Até mesmo os mais crentes ficam em dúvida na maior parte do tempo, independentemente do que dizem. Portanto não se preocupe se isso vai prejudicar minha credibilidade ou não. Eu não me preocupo. Não importa porque não estou tentando convencer ninguém seja lá do que for. Eu só estou tentando trazer informações sobre os WingMakers para que as pessoas possam fazer a sua própria avaliação do que é verdade e acreditável ".

Anne: " OK. . .então acaba aqui minha preocupação. Será a última vez que me preocupo com a sua credibilidade.


" Se você pode manifestar dinheiro assim tão fácil, por que você precisa ter salário? Quero dizer, porque trabalhar para ganhar dinheiro "?



Dr. Anderson:" Quando esta tecnologia foi descoberta, só foi compartilhada dentro do Grupo Labirinto, e só era usada para experiências aprovadas por Fifteen. O mesmo princípio seria aplicado a BST ou a qualquer outra tecnologia descoberta pelo Grupo Labirinto que pudesse ser usada para ganho pessoal ou benefício próprio ".

Anne: " Cara, vocês devem ser um grupo muito disciplinado. Eu não acho que resistiria ".


Dr. Anderson: Para ser honesto, tenho certeza que todos os membros do Grupo Labirinto experimentam, de vez em quando, essa tecnologia na privacidade de suas casas.

Anne: " Por que você chama isso de tecnologia? Parece mais uma coisa mental. Você estava usando algo mais além de sua mente ?


Dr. Anderson: " Só é uma tecnologia do ponto de vista de entender o processo mental. Não há nada eletrônico ou mecânico se é isso que você quer dizer. Mas é mais do que o controle da mente. Na realidade é uma convicção em LERM e seu infalivelmente perfeito processo de criação -- transportar objetos quânticos do não-espaço e não-tempo para o mundo da matéria em nosso tempo e espaço. Está mais relacionado com fé do que com tecnologia . . . ( grifo do tradutor ) por mais estranho que isso possa parecer ".

Anne: " De fato, eu estava imaginando que se Jesus e outros que andaram por aqui, na terra, poderiam fazer isso a centenas de anos atrás, não deve ter muito a ver com tecnologia. Mas quando você vê isto acontecer com seus próprios olhos, você tem uma tendência para achar que há um pouco de tecnologia por atrás daquilo que estão fazendo. Que não fosse apenas um poder natural dos humanos. . . não me parece possível por alguma razão ".


Dr. Anderson: " Eu entendo, mas no entanto, realmente é uma questão de perspectiva, e uma vez que você tem a visão panorâmica do LERM e isso se torna uma estrutura fundamental de seu sistema de crença ou convicção, isso fica incrivelmente fácil de fazer. É um pouco como uma sofisticada ilusão ótica baseada em um holograma que te toma vários meses de concentração para ver o quadro que está sutilmente turvo, mas no momento que você vê, você vai pode vê-lo instantaneamente o resto de sua vida, sem esforço. É assim que isso funciona. Algumas pessoas podem conseguir isso em questão de poucos dias, outros precisam de centenas de horas, mas o que todo o mundo tem é em comum é que, uma vez que conseguiu, fica tão natural quanto respirar ".

Anne: " E você acha que poderia me ensinar em questão de algumas semanas, quando alguns de seus colegas -- com QI de gênio -- levaram centenas de horas para aprender a técnica "?


Dr. Anderson: " Isto não está relacionado com QI. Está relacionado com entendimento e convicção (crença). O entendimento vem de ver a existência do LERM e entender como opera em seu nível básico. Se você tem uma inteligência comum ou é um gênio, não importa, contanto que você entenda e acredite naquilo que você entende ".

Anne: " Como você faria para eu acreditar no LERM"?


Dr. Anderson: " Bem fundo você já acredita. É sua mente consciente que rejeita sua convicção mais profunda e o entendimento. Assim eu a ajudaria a entender conscientemente o que você já sabe em um nível mais profundo de seu ser. E faria isto lhe mostrando LERM ".

Anne: " E como você faria isso "?


Dr. Anderson: " Você precisaria ir para o departamento de pesquisa do Grupo Labirinto na Virgínia. É o único lugar no mundo onde eu posso lhe mostrar a indiscutível evidência de LERM ".

Anne: " Sob essas circunstâncias, acho que isso nunca vai acontecer. Deve haver outra alternativa. . . ou melhor, o que é que eu veria nesse centro de pesquisa que eu não poderia ver em outro lugar. . . ou por outros meios "?


Dr. Anderson: " Eu não estou dizendo que a única maneira para conseguir esta habilidade é vendo LERM em ação, mas é muito convincente. O Grupo Labirinto tem uma tecnologia -- projetada por Fifteen mesmo - - que literalmente permite um indivíduo experimentar LERM. Também há meios místicos ou xamânicos, mas estes estão longe de funcionar em um período de duas semanas. Estes métodos parecem independentes de circunstância e mais dependentes de algo mais profundo, predestinado ou um despertar pre-codificado do qual o indivíduo não tem conhecimento conscientemente, mas que de qualquer forma aciona um despertar que os permite transformar o seu entendimento. Em alguns casos, este despertar inclui uma habilidade para manifestar objetos físicos, mas geralmente, é feito sem um conhecimento consciente de como é feito. Apenas funciona.

Anne: " Certo, digamos que eu não reuna condições para ser um xamã ou um místico, o que eu veria com esta tecnologia que me convenceria de minhas habilidades para fazer o que você acabou de fazer "?


Dr. Anderson: " Na realidade não saberia lhe dizer. É uma dessas experiências que palavras são completamente inadequadas para descrever ou explicar. O que posso te dizer é que LERM é expererenciado por esta tecnologia, e isto basicamente como resultado da experiência, reinstala seu sistema elétrico interno. Neste processo, circuitos novos são gravados no seu sistema nervoso, e estes circuitos novos permitem a utilização do LERM como uma conseqüência da sua experiência disso.


" De qualquer forma eu duvido que esta explicação lhe satisfaça. Eu nunca tentei explicar isto antes, e eu posso ver por sua expressão que infelizmente falhei..."

Anne: " Não, não é isso. Só estou cansada de sempre sentir como se eu estivesse vivendo em um planeta diferente toda minha vida. Que eu perdi tudo isso. . . realmente fico angustiada quando penso nisso.


" Me lembro quando li uma biografia de Einstein e ele foi citado dizendo algo como nós, humanos, somente usamos por volta de 2% de nossa capacidade intelectual. Bem, é dessa forma que me sinto agora. Que tenho vivido minha vida nesse nível de 2% -- se tanto -- e acabo de perceber o que ele queria dizer. Eu nunca tive uma comparação até agora que me permitisse ver o que os outros 98% poderiam ser. Não é muito agradável ver o que tem sido omitido ou negligenciado. . . ou subestimado ".



Dr. Anderson: " Eu entendo ".

Anne: " Uma coisa mais. Você disse antes que determinadas tecnologias como LERM e BST, não podem ser usadas para ganhos pessoais pelos membros do Grupo Labirinto. Ainda, se BST existisse, eles não se colocariam em fila e pediriam para usá-lo ? Eu faria isso. Há muitos fatos em minha vida que eu mudaria se pudesse. Uma vez aberta a comporta, como BST poderia ser mantido secreto "?


Dr. Anderson: " Como tudo, há implicações tanto morais como éticas que devem ser ponderadas. Uma das coisas que Fifteen, e de uma forma geral o Grupo Labirinto são bons , é considerar estas implicações na maior amplitude possível dentro da ordem social. Fifteen, muito cedo, percebeu que as tecnologias de BST e LERM só deveriam ser concedidas para aquelas organizações que corretamente honrassem as considerações éticas que foram elucidadas pela própria tecnologia.


" Isto é uma das leis fundamentais do Grupo Labirinto, e todos seus membros levam isto muito seriamente. Quando uma tecnologia nova está sendo desenvolvida, tem sempre membros da equipe que estão preocupados com as implicações éticas da tecnologia e é responsável pelas regras do uso e do desenvolvimento. Esta é uma parte integrante do desenvolvimento de qualquer projeto.

Anne: " É bom ouvir isso, mas essa lei não poderia ser usada para prevenir a disseminação dessas tecnologias para um público mais amplo ?


Dr. Anderson: " Sem dúvida. Uma tecnologia como BST -- uma vez desenvolvida e testada -- , com o tempo, poderia se tornar uma tecnologia de consumo. Mas desde que o Grupo Labirinto existe, a intenção é proteger o BST de toda e qualquer força externa. Dentro do Grupo Labirinto há um comitê chamado Technology Transfer Program ou Comitê TTP ( Programa de Transferência de Tecnologia). Este comitê tem duas missões, a primeira é avaliar as tecnologias que são assimiladas dos ETs, e a segunda é que eles são responsáveis por tais tecnologias e em qual estado de adaptação são transferidas para nossos sócios da indústria privada, NSA, ou o exército.


"O Comitê TTP tem o controle das tecnologias em estado puro que são desenvolvidas pelo Grupo Labirinto. Estas tecnologias, em estado puro, nunca são transferidas para organizações externas. Mesmo os membros do staff no ACIO que não fazem parte do Grupo Labirinto, não tem conhecimento dessas tecnologias em estado puro, e quando. . . "

Anne: " Mas se eu coloco essas entrevistas na Internet ou em outro tipo de mídia, não vão ser só os membros do staff no ACIO que vão saber sobre tudo isto. Você não acha que isso acabaria com todo o segredo sobre o Grupo Labirinto "?


Dr. Anderson: " Não. O Grupo Labirinto é mais que uma organização secreta. De forma prática, o Grupo Labirinto não existe. O ACIO não existe. Ninguém vai conseguir rastrear o ACIO e muito menos o Grupo Labirinto. Suas tecnologias de segurança são tão imensamente superiores, que são completamente invulneráveis. Nada que eu disser, ou você publicar, os fará vulneráveis. Como eu disse antes, a única preocupação deles será o precedente de minha deserção e como isso poderia criar mais deserções com o passar do tempo ".

CONTINUANDO OU VOLTANDO NO TEXTO

Próxima (11)    Anterior (9)

OBSERVAÇÃO DE E.O.

Em verdade são 13 as páginas deste site referentes às entrevistas com o Dr. Anderson, que correspondem às 5 partes disponíveis no site www.amaluz.com.br (as partes 5, 7, 8, 9 e 10).


Por serem longas as transformei em 13, que mesmo assim continuam extensas. Faltam as quatro primeiras partes originais, de acordo com a publicação impressa, bem como a sexta, que não estão disponíveis no site referido, que tem sido a única fonte existente na Internet, em português. Mesmo assim, o texto remanescente é vasto e permite muito bem a compreensão do contexto do tema e a captação das mensagens essenciais, principalmente porque consistem em perguntas e respostas, onde são retomados temas que estavam nas outras páginas ausentes.


Subdividi em 2 páginas este quarto trecho, que originalmente era a "Parte 9" na revista Amaluz. As páginas que faltam não se acham na INTERNET, em português, até o presente momento. Em inglês, não sei se existem.

ÍNDICE GERAL

Todas as páginas desta seção

FONTE DO TEXTO

(http://www.amaluz.com.br). Publicado originariamente na revista Amaluz, que não mais tem sido editada, embora fosse uma ótima publicação. Fazemos votos de que possa renascer, com a mesma qualidade de antes.




Google
 
Web www.eurooscar.com

www.eurooscar.com - Autor: Euro Oscar - © 2008
Direitos Reservados - Contato: eurooscar@gmail.com


Se veio até aqui por um link externo e não vê o menu fixo à esquerda, clique aqui, para melhor usar e controlar o site.


Página inicial do site