NÓS E O FINAL DO MILÊNIO - 1

PALESTRA DE IRADJ ROBERTO EGHRARI

Fundamentada na fé bahai

Estamos ou não vivendo um novo ordenamento social? Algumas vezes respondem que sim, outras não. Se este não é o novo ordenamento, a nova ordem mundial que estamos presenciando e vivenciando, se não é esta a tão apregoada unidade e entendimento entre os seres humanos, podemos então dizer que mudamos certas relações de tensão, de leste/oeste e de norte/sul; mudamos certas relações de tensão entre sistemas ideológicos para outras relações de tensão que estão baseadas em sistemas econômicos. Então, na realidade, não se mudou em essência, não houve uma transformação essencial. Simplesmente houve uma mudança, uma translação de situações e que por interesses daqueles que querem manter as relações de tensão, alardeia-se que já se chegou a uma nova ordem mundial. Na realidade, esta não é a nova ordem mundial que esperamos. É vital apurarmos a nossa percepção, a nossa visão, o nosso sentimento espiritual, e uma vez alcançado isso, rapidamente constataremos que esta não é aquela ordem que poderia ser comparada à chegada do reino de Deus na terra, que inclusive Cristo havia proclamado e pregado.


Este ainda não é um sistema para que a humanidade possa realmente viver a sua idade áurea. Ainda não é. Por que? Porque todas as convulsões, tudo aquilo que mobilizou a humanidade até o presente momento foram convulsões sociais de cunho ideológico. E, na realidade, estas convulsões de cunho ideológico terminaram. O que dizem hoje em dia os analistas, os políticos, os sociólogos e os historiadores é que se chegou ao fim das ideologias. Não há mais nenhuma tensão ideológica que justifique qualquer passo adiante. Já que todas estas tensões ideológicas se exauriram, a existência de um único movimento ideológico não provoca tensão. Estamos vivendo agora um momento ideológico único que também caminha para sua falência. No momento em que ele ruir chegaremos à conclusão de que precisamos de uma transformação de cunho muito maior. Hoje em dia, dizer que a derrocada do socialismo ou do comunismo é a vitória do capitalismo é muito relativo. Vitória numa corrida de um único participante? Não pode ser considerado como vitória! Quando este único participante, o capitalismo, tropeçar e cair, iremos todos juntos com ele. O momento é de profunda reflexão tanto que um pensador propõe a idéia de que chegamos ao fim da história, ou seja, não há mais história porque não há mais tensão ideológica, não há mais razão de se provocar história.


Mas, talvez tenhamos que nos perguntar se no momento em que estamos testemunhando a planetização da humanidade, ainda que em condições tão embrionárias, a idéia de uma humanidade unida poderia se tornar, cada vez mais, uma perspectiva mais viável à nossa frente?


É neste momento que devemos considerar a mensagem de Bahá'u'lláh. Numa análise do final dos tempos, numa análise de uma transformação tão profunda nas relações sociais, políticas e econômicas, onde entraria Bahá'u'lláh? Ele entra exatamente como alguém que traz esta visão de planetização e uma perspectiva de como se dão as relações de uma humanidade unida. Não há pensador algum nos dias atuais que dê base teórica mais clara do que Bahá'u'lláh em termos dessa idéia de planetização, não entrando na questão religiosa, nem na questão teológica, só em análise muito objetiva e pragmática. Existe alguém que tenha teorizado, que tenha apresentado as bases de um sistema planetário, os seus pré-requisitos e condições, claramente? Se existe, este alguém se chama Bahá'u'lláh. Porque? No momento em que chegamos a uma crise onde não existe mais a tensão ideológica, onde ocorre o fim das ideologias, temos que encontrar a solução em algo que esteja acima das ideologias e a única coisa que se encontra acima da ideologia, que é fruto do pensamento humano, só pode ser o pensamento espiritual sobre-humano. As forças da história agora estão nos conduzindo para a conclusão de que a solução se encontra em um plano superior ao plano humano; o plano humano já esgotou tudo o que ele poderia trabalhar e este passo tem que ser dado, esta perspectiva deste passo se torna agora obrigatória.


Existem hoje milhões de pessoas que seguem esta perspectiva que Bahá'u'lláh deu. Milhões de pessoas, que se denominam bahá'ís, acreditam no que este passo rumo a esta perspectiva espiritual pode trazer, que pode ser a chave para este dilema da humanidade de hoje, de fim das ideologias, de término das opções de tudo aquilo que seria possível como elemento de impulsão da civilização. Na realidade, pela própria comprovação histórica, sempre a manifestação de um Ser superior, inspirado, iluminado, um Ser divino, Aquele que traz uma missão que Ele alega não ser Dele mas sim inspirado por uma Força Superior, sempre foi a força motriz da civilização. Podemos associar em todos os momentos da história humana o surgimento de um luminar como este, como uma força motriz. Não estamos entrando na questão teológica, na questão da convicção religiosa, na questão do quanto estes pensamentos ecoam ou não no coração de A ou de B. É simplesmente uma comprovação. Todo momento em que houve uma transformação profunda e radical na história humana, tal momento esteve intimamente associado a existência de uma manifestação divina como força motriz da civilização. Isto se deu na época de Abraão, de Moisés, de Cristo, de Buda, de Khrishna, de Zoroastro, de Maomé, de Bahá'u'lláh, de todos estes luminares que hoje reconhecemos como líderes.


O filme "2001- Uma Odisséia no Espaço" traz uma analogia interessante neste aspecto: em todo o momento em que havia uma transformação e um salto estava lá um monolito presente. Um monolito inacessível. Porque inacessível? Porque ele pertence a um plano superior àquela criação que no momento com ele se deparava. Mas ao mesmo tempo acessível para aqueles que não deixavam nublar a visão pelos véus do conhecimento, ou a sua parafernália tecnológica. Os homens primitivos podiam tocar no monolito, mas os astronautas não conseguiam chegar perto. Porque? Porque na realidade esta capacidade da percepção espiritual, simbolicamente no filme apresentada, estava nublada pelo conhecimento material, enquanto que o homem-macaco não tinha nenhuma destas barreiras, ele tinha a pureza da relação, e esta pureza permitia a ele um salto muito maior, enquanto que a falta desta pureza, no caso dos astronautas, levou-os a uma perda do rumo.



Há uma força civilizatória, uma força divina presente nos dias de hoje? Bahá'u'lláh apresenta a si mesmo como sendo o Revelador desta Força Divina, desta força civilizatória da humanidade atual. Em um de Seus escritos, falando sobre este tema desta força civilizatória, Bahá'u'lláh diz:


"Cada palavra que procede dos lábios de Deus é dotada de tal potência que pode instilar vida nova em todo o corpo humano." Fica claro porque a presença e a manifestação de um ser iluminado é capaz de transformar a vida humana, porque na realidade quem são os lábios de Deus se não os lábios daquele que manifesta a divindade? Os lábios de Cristo são os próprios lábios da divindade, os lábios de Maomé também, porque eles falam e refletem esta divindade na sua total potência. Diz Bahá'u'lláh:


"Todas as maravilhosas obras que vedes neste mundo foram manifestadas mediante a operação de Sua suprema e excelsa Vontade. Seu Desígnio é maravilhoso e inflexível." Então, na realidade, tudo o que existe, tudo o que consideramos nossa criação e resultado de nosso esforço intelectual, na verdade não é nosso. Somos somente canais e instrumentos. Quando o canal e instrumento é puro ele é capaz de transformar esta força imponderável e invisível em algo concreto. Pobres de nós que nos maravilhamos com aquilo que achamos que fazemos, quando na realidade não passa da manifestação desta própria Vontade Superior.


Bahá'u'lláh diz algo ainda mais maravilhoso:


"Nos dias vindouros contemplareis verdadeiramente coisas das quais jamais soubestes".


Já estamos vendo muitas coisas que jamais sabíamos, pois Bahá'u'lláh revela estas palavras em meados do século passado. Bahá'u'lláh inicia a Sua missão publicamente em 1863 e sua dispensação termina em 1892 com o Seu falecimento. Foi neste período que Bahá'u'lláh previu que haveríamos de contemplar coisas das quais jamais sabíamos. Como um homem do século passado poderia imaginar coisas como, por exemplo, Internet? Há algo tão desafiador, tão incompreensivelmente desafiador como o conhecimento não mais se encontre concentrado em um lugar mas espalhado em milhões de computadores mundo afora, tendo-se acesso a pessoas, a situações, a idéias, a pensamentos instantaneamente, a qualquer momento. Estamos vivendo realmente o futuro: a era dos "Jetsons" estamos vivendo agora! Eu cheguei em casa hoje e minha filha falou: "Papai, tem uma mensagem da sua prima dos Estados Unidos no computador para você". E você pensa: "meu Deus, mas que loucura!" No trabalho isto para mim já é algo normal porque vai e vem, correio eletrônico a todo momento, mas chegar em casa e ver que na tela tem uma mensagem da minha prima, isto é algo incrível, extremamente incrível e não estamos preparados para que possamos realmente internalizar o quanto a humanidade se transformou nestes últimos anos, nestes últimos 50 anos. Tudo é tão incrível ao ponto de você programar o seu microondas, coloca a comida lá dentro, e programa para que às 7:00 da noite ele ligue. Quando você abre a porta de casa às 7:00 da noite, ele liga e você vai no banheiro, lava as mãos, o rosto, volta e não precisa fazer nada. É muito louco!


Nós crescemos tanto cientifica como tecnologicamente mas, por dentro, o nosso coração ainda está na idade da pedra, tentando entender o que é isto tudo. Então precisamos apurar a nossa percepção espiritual. Tudo o que nós temos que pedir a Deus, a este ser supremo que nos criou, que deu vida e que dá sentido a isto tudo, é que aprimore a nossa capacidade de perceber as coisas para que possamos entender um pouco mais. Podemos orar para tantas coisas, podemos orar para ganhar dinheiro, para melhorar no trabalho, para parar de brigar com a mulher, com o marido, com o filho, podemos orar por tudo. Mas acho que se nós orarmos antes para que a nossa percepção espiritual seja aprimorada vamos ter dinheiro, vamos ter vida familiar tranqüila, vamos acertar em tudo, porque na realidade isto é anterior a todas as outras necessidades.


Nos tempos atuais, algo começa a se movimentar dentro do nosso ser espiritual que nos permite sentir que algum acontecimento em breve irá ocorrer e que nós podemos ser co-partícipes neste momento histórico. O que faz com que nos movimentemos é a nossa intuição espiritual, e Bahá'u'lláh diz que todo ser humano foi dotado de uma capacidade espiritual intuitiva. Se não fosse assim, como Deus poderia chamar as pessoas a prestarem contas dos seus atos se não tivessem a capacidade de reconhecê-Lo independentemente do fato de travarem ou não contato com o Seu Manifestante. Bahá'u'lláh diz que por existir esta percepção intuitiva e espiritual em todo o ser humano Deus pode questionar a qualquer um dizendo: "meu amigo, porque você fez o que você fez?". E Bahá'u'lláh continua dizendo que se naquele momento a pessoa disser: "Eu fiz o que eu fiz porque todos assim o faziam.", isto não será aceito, porque você tinha a capacidade de perceber por si só o Criador. Deus lhe deu esta capacidade, então esta desculpa não vai valer. E a desculpa de que "eu não sabia, nunca ninguém me disse", Bahá'u'lláh não considera aceitável pois então que se transpuséssemos as montanhas e mares em busca do Criador. Aquele que tem esta percepção espiritual e que a utiliza, é capaz de mover o mundo para chegar aonde está a fonte daquela Luz que ele sabe que é aquele que o criou.

Continuação do texto

TEXTOS DE INSPIRAÇÃO NA FÉ BAHAI

OPINIÕES FAMOSAS SOBRE O MOVIMENTO BAHAÍ - 1


OPINIÕES FAMOSAS SOBRE O MOVIMENTO BAHAÍ - 2


PENSAMENTOS DE BAHÁ'U'LLÁH - 1


PENSAMENTOS DE BAHÁ'U'LLÁH - 2


AUTOBIOGRAFIA DE BAHÁ'U'LLÁH


UMA BIOGRAFIA DE BAHÁ'U'LLÁH


CURIOSIDADES, EPISÓDIOS E INFORMAÇÕES


CRONOLOGIA E PALAVRAS DE SABEDORIA


O PLANO DE QUATRO ANOS - 1


O PLANO DE QUATRO ANOS - 2


O PLANO DE QUATRO ANOS - 3


COMPREENDENDO O HOJE, SOLUCIONANDO O AMANHÃ


A RENOVAÇÃO DO PENSAMENTO HUMANO E O DIREITO - 1


A RENOVAÇÃO DO PENSAMENTO HUMANO E O DIREITO - 2


EDUCAÇÃO PARA OS DIREITOS HUMANOS


PONTO DE VISTA BAHAI SOBRE AS DROGAS


MODELO ATUAL DE EDUCAÇÃO PARA NOSSOS FILHOS - 1


MODELO ATUAL DE EDUCAÇÃO PARA NOSSOS FILHOS - 2


GLOSSÁRIO DE TERMOS ORIENTAIS E BIBLIOGRAFIA

OS TEXTOS DE IRADJI ROBERTO EGHRARI

A PAZ INTERIOR - 1


A PAZ INTERIOR - 2


NÓS E O FINAL DO MILÊNIO - 1


NÓS E O FINAL DO MILÊNIO - 2


O DIA DE DEUS - 1


O DIA DE DEUS - 2

CURSO GRATUITO - PRIMEIRA PARTE

LIÇÃO 1    LIÇÃO 2


LIÇÃO 3    LIÇÃO 4


LIÇÃO 5    LIÇÃO 6


LIÇÃO 7    APÊNDICE

POESIAS DE INSPIRAÇÃO BAHAI

1    2    3    4    5

FONTE DO TEXTO

http://www.bahai.org.br



Sorria ao acordar
e antes de dormir!

Muito obrigado pela visita,
veja sempre as novidades!






Google
 
Web www.eurooscar.com








Se não vê à esquerda o menu
rolante do site, clique aqui.

If you do not see the left
scrolling menu, click here.





Home