SANTIAGO BOVISIO



REFLEXÃO 13

Um Mestre Revolucionário


a - PORQUÊ É REVOLUCIONÁRIO?;


b - O MAITREYA É A REVOLUÇÃO;


c - REDENÇÃO.

O Mestre Santiago Bovisio não se parece com nenhum dos místicos modernos, do ocidente ou do oriente.


Se se considera os grandes Mestres Espirituais dos séculos XIX e XX, Blavatsky, Ramakrishna, Maharishi, Santa Terezinha, Aurobindo, Dom Bosco, Santa Isabel da Trindade e tantos outros, é muito difícil situá-lo entre eles.


A exposição da Doutrina da Renúncia que desenhou não pertence à época moderna; tem suas raízes profundas na tradição mais antiga, nos alicerces da Ordem do Fogo em Kaor, no início da sub-raça Ário Teutônica, e se projeta para Aquário, preparando a missão do Redentor Maitreya. Há um salto de 3.500 anos de obscurantismo desde a Guerra dos Dois Sóis, penúltima encarnação do Mestre, até a expansão de suas Ensinanças por todo o planeta, no Terceiro Milênio, 40 anos depois de sua última morte.

Santiago Bovisio é o primeiro que apresenta um sistema completo de sabedoria politeísta, sustentada na pluralidade dos mundos, os estados múltiplos do ser, o Ired, a Reversibilidade, a evolução do espírito para a matéria, a comunhão dos Grandes Iniciados no corpo místico da Divina Mãe, características da filosofia antiga egípcia.


É um salto de gigante através do tempo, um dos pés na tradição original da Raça Ária, interrompida pela heresia materialista de Akenaton e o outro pé em pleno nascimento da Sub-Raça Americana, junto ao Grande Iniciado Solar Maitreya.

Sua memória, da antiguidade vivida por ele, era assombrosa, como está expresso nos Capítulos 4 e 5 do Livro XVI: "História das Ordens Esotéricas". Podia descrever espontaneamente a seus discípulos, quando queria, os aspectos mais heterogêneos dessa época, inclusive fatos pessoais passageiros de sua viajem de ida e volta a Grécia, onde teve que se refugiar durante as perseguições de Akenaton (O Mestre Santiago era o Sumo Sacerdote do Templo da Iniciação que se descreve no Capítulo 4 mencionado, situado a uns 100 km. de Tebas).


As descrições sobre épocas mais antigas, Hiperbóreos, Lêmures, Atlantes, etc., extraia-as dos Anais Akásicos (O Livro da Mãe, do 7o plano mental), aos quais tinha pleno acesso por clarividência, e que coincidem com versões de outros clarividentes que também escreveram sobre a história da humanidade dos primeiros tempos.

O Mestre Santiago é revolucionário porque anuncia e adianta o futuro na direção correta do Maitreya, acumulando a sabedoria dos Grandes Iniciados, enquanto o resto dos espirituais se conforma com o mundo existente, tal como está.

a- PORQUÊ É REVOLUCIONÁRIO?

O mundo experimentou sempre grandes revoluções feitas por homens notáveis que modificaram a história da humanidade. Também os religiosos fizeram revoluções espetaculares, porém dentro de seu raio de ação, sem abranger o total da sociedade.


São Bernardo de Claraval e a Ordem Templária, São Inácio de Loyola e a Companhia de Jesus, Lutero e a Reforma, e outros. Modificavam alguns aspectos da realidade, porém tudo ficava igual, melhorado. Eram verdadeiros revolucionários?


Para que uma revolução seja efetiva tem que mudar a realidade completa, física, social, política, psicológica, espiritual e mental, em todas as dimensões visíveis e invisíveis da natureza. Esta obra gigantesca só é possível no tempo de mudança das Raças, como agora, quando as transformações do planeta acompanham as mutações da alma. O Maitreya, que mudará tudo, é a Revolução. Quando o astronauta russo Yuri Gagarin, em 1962, ascendeu ao espaço exterior e comunicou lá de cima: "A terra é formosa!", o Mestre Santiago visitou os Ordenados da Comunidade de La Plata, os reuniu na cozinha, e disse solenemente: "Filhos, o mundo velho caducou". É a Revolução espiritual anunciada.


Com a difusão das Ensinanças em todas as nações, uma parte da humanidade já a conhece e toma consciência das mudanças que começam a produzir-se na configuração do planeta, nas estruturas sociais, políticas e econômicas da sociedade, nas novas leis do comportamento humano, na liberação espiritual, na harmonia dos valores humanos e divinos.


Uma vida nova vem depois da depuração. As Ensinanças do Mestre Santiago estão em todas partes, para ajudar aos homens a compreender e suportar o tempo da prova.


As grandes revoluções que modificaram o rumo da história se ocuparam só dos instrumentos e das estruturas em seus mais diversos aspectos, e foram realizadas por Grandes Iniciados Lunares: Julio César, Galileu, Beethoven, Lênin, etc.


A revolução que empreende um Grande Iniciado Solar, Buda, Jesus, Maitreya, realiza-se física e magneticamente dentro d´Ele, e a partir d´Ele se expande pelo mundo. Buda realizou em si mesmo a liberação que logo ensinaria a seus discípulos.


Jesus aperfeiçoou na Cruz sua prédica da compaixão e perdão; depois da Cruz se expandiu pelo mundo. O Maitreya está construindo em si, pessoalmente, as propostas que serão a lei do mundo futuro, como explica o Mestre Santiago no Livro V, Capítulo 16, e no Livro XII, Capítulo 13.

b- O MAITREYA É A REVOLUÇÃO

Pergunta o Mestre Santiago no parágrafo 11 da Ensinança "O Maitreya": Será a missão que traz o Grande Ser, a de amassar sua carne com seu espírito e fazer assim um novo pão para satisfazer ao homem? Em outras palavras: unirá indissoluvelmente seu espírito divino com sua carne humana, idêntica à nossa, para formar um novo veículo do ser?


O Grande Iniciado Solar é Ihes, o Liberado, o Buda, sem desejo nem necessidade de encarnar. Se o faz, é para ajudar à humanidade que se animalizou, num momento crítico da evolução, e deve começar uma nova etapa.


O Redentor é tão perfeito que não gera karma. Sua presença terrestre é benção para os homens, os que estão e os que virão. A Revolução é Ele e se expande desde o momento que despontou entre nós, embora não saibamos onde está. Os efeitos de seu Magistério se verão à medida que a humanidade salde suas dívidas, de sua Renúncia Conseqüente.


Os judeus não entenderam Jesus. Eles queriam que o Redentor encabeçasse uma rebelião contra o Império Romano, para benefício de Israel. Crucificaram-no. Agora, muitas pessoas chamam o Salvador para que as ajude e venha acabar com as injustiças sociais, que os homens sejam honrados e não roubem, que o FMI tenha mais consideração com os países devedores, e assim por diante.


Essas pessoas conformistas não têm a menor idéia da liberdade; aspiram a um estado burguês bem organizado com policiais honestos que cuidem da ordem pública, uma espécie de socialismo utópico, como sonhavam os idealistas do século XIX. Porém, no século passado vimos as terríveis guerras, em que terminam as ilusões quando não há Renúncia.


O Maitreya não é um reformista - um retoque por aqui, um ajuste por ali - para que todo o mundo fique satisfeito. É A REVOLUÇÃO! Não se ocupará das instituições nem dos instrumentos; ocupar-se-á dos protagonistas de carne e osso, e lhes proporá uma transformação completa, nada menos que a deificação humana como explicou claramente o Mestre Santiago nas Conferências de Embalse, Capítulo 28, Sobre o Mistério da Divina Encarnação:


"Creio que isto é o que ensinará o Maitreya, a nova expressão da Encarnação Divina: a forma, a maneira em que devemos converter-nos em pequenos Cristos, em pequenos holocaustos, em pequenas hóstias". O que realizou Jesus Cristo há dois milênios, a Redenção potencial do gênero humano, agora cada um deve ser redentor de si mesmo, por meio da Renúncia.

c- REDENÇÃO

Redimir significa tirar alguém da escravidão, pagando um preço. Jesus redime a humanidade pagando o preço com sua paixão e morte na cruz. O Mestre Santiago diz que o Maitreya ensinará os homens a pagar, cada um seu resgate, a redimir-se com o esforço próprio.


É a Grande Revolução, porque não serão necessárias religiões, sacerdotes, nem dogmas, inclusive nem o mesmo Maitreya, como recomendava o Buda a seus discípulos, a respeito de si mesmo. O homem será caminho de liberação, e os intermediários que se interponham entre ele e sua liberdade serão descartados.


Diz a terceira verdade da Revelação Única dada por Manu ao começo da Raça Ária: "A liberação do homem, este a realizará por si mesmo, não de uma vez, mas por etapas, nascendo, morrendo, reencarnando, passando pelos infernos, purgatórios e céus".


É possível a autoliberação? Não há outra maneira de redimir-se. Os infernos e os paraísos dos cristãos e muçulmanos são os mundos astrais da filosofia esotérica, e a estadia neles dura pouco tempo; cada setecentos anos, mais ou menos, os seres voltam a encarnar para seguir aprendendo a viver na Terra, como está indicado acima.


Os Grandes Iniciados, Mestres da Humanidade, ensinam, guiam, ajudam; porém não dão a realização, nem Jesus nem o Maitreya. Eles acompanham o Discípulo, porém, no final, deixam-no só frente às Portas do Mistério Divino, para que por si mesmo realize o milagre da Unidade.


Estudem-se as Ensinanças do Livro XXV: "Teologia", e se compreenderão estes importantes conceitos, especialmente o Capítulo 13: "A Sagrada Revelação da Idéia Mãe dos Ários".


Leitor: Todos os homens, qualquer que seja seu grau de desenvolvimento espiritual, possuem um dom inapreciável: o livre arbítrio. Ante qualquer proposta, pode dizer que não, ou que sim; isto não significa que seja dono da situação, mas que arrisca para mal ou para bem os resultados.


Se tiver êxito, adiantará no caminho; se fracassar, terá que voltar a encarnar uma e outra vez, até que conquiste o obstáculo. Esta lei tão realista vale para todos os homens, sem importar as religiões que prometem paraísos, purgatórios e infernos.


O Maitreya é a Revolução de nosso tempo, e ensinará a verdadeira redenção, a que cada um consegue com recursos próprios. As notícias que nos invadem desde a imprensa e a televisão, com seus horrores, é o mundo velho que está terminando, e continuará assim, e pior, até que esgote todas suas reservas.


O karma da Renúncia Conseqüente deve ser pago até o último centavo. Os Discípulos Fiéis do Maitreya não pertencem a este mundo que agoniza; agora são estrangeiros por adoção, enquanto preparam a Nova Era de conciliação dos pares de opostos, pela espiritualização da matéria na Renúncia.

AS OUTRAS PÁGINAS

Próxima (14)   Anterior (12)


Índice geral sobre Santiago Bovisio

FONTE DO TEXTO

http://www.santiagobovisio.org



Sorria ao acordar
e antes de dormir!

Muito obrigado pela visita,
veja sempre as novidades!






Google
 
Web www.eurooscar.com








Se não vê à esquerda o menu
rolante do site, clique aqui.

If you do not see the left
scrolling menu, click here.





Home