SANTIAGO BOVISIO



REFLEXÃO 15

A Transição


a - O TEMPLO DA INICIAÇÃO;


b - O SEGUNDO RECINTO;


c - DECISÕES PESSOAIS.

O duplo prêmio Nobel Linus Pauling (Química 1954; Paz 1962), no informe que apresentou no "Correio da Unesco" em novembro de 1964, ao fazer uma análise da ameaça nuclear naquela época (320.000 megatons, que hoje, em 2002, continua igual), perguntava-se "porque se criou uma quantidade tão irracionalmente grande de material explosivo".


Respondeu a esta pergunta dizendo que isto ocorreu porque o sistema de educação científica tem sido defeituoso, e em conseqüência, as pessoas que tomavam as decisões correspondentes não podiam ter uma idéia clara do que faziam, isto é, se existia alguém que tomasse estas decisões, etc.


Na época do informe, os Estados Unidos e a União Soviética eram as únicas nações possuidoras do arsenal nuclear. Agora são oito as que na América, Europa e Ásia podem destruir a humanidade. Os analistas sabem que uma só bomba sobre uma cidade inimiga é suficiente para incendiar o planeta.

A história registra uma situação similar ao começo da época Ário Teutônica, há 24.000 anos, que está narrada no Ramayana, a guerra dos Ários contra os Atlantes, quem possuía armas similares às atuais, porém com outra tecnologia (Ver Livro IV "História do Homem", Livro XXVI "Antropogênese", Capítulo "A luta dos Mil e Quinhentos anos").


Os últimos Atlantes eram inteligentes e perversos. Criaram grandes centros de investigação (como nossas Universidades e Laboratórios) para o desenvolvimento sistemático do poder mental e o domínio dos elementais; inventaram máquinas infernais manejadas sob o controle remoto dos Magos Negros, que matavam à distância, como nossos modernos projéteis orbitais, cruzadores, naves aéreas e autômatos terrestres.

Berlitz e alguns russos sustentam que possuíam armas atômicas e que as utilizaram. Suas ambições eram dominar o mundo, como agora pretende o Império Global, e quase o conseguiram. Os Ários morreram aos milhões, e quando os Atlantes tinham quase ganha a guerra, a natureza veio em ajuda da humanidade: produziu-se a modificação cíclica do eixo terrestre.


Os Magos Negros perderam o controle mental, decaíram e foram aniquilados. Os Grandes Iniciados tiraram definitivamente aos homens, o poder psíquico e a visão astral que era espontânea, pelo perigo que significava.


Os sobreviventes tiveram que começar do nada, transformados em primitivos homens das cavernas. Os Magos Negros, como nossos cientistas modernos, que não tinham sido educados corretamente, equivocaram-se e desapareceram.

a- O TEMPLO DA INICIAÇÃO

Hoje, qualquer pessoa ou organização, se tiver condições apropriadas e uma firme determinação, pode aceder às fórmulas e procedimentos para fabricar bombas atômicas. Várias nações o fizeram, duas delas do terceiro mundo. E estão aparecendo outras mais que o estão tentando.


Porque a tecnologia moderna, da mesma forma que a dos Magos Negros, está dominada pela cobiça, o ódio e a ignorância. Esta situação é karma do mundo que termina.


Estamos perto do tempo de outra mudança do eixo terrestre, é provável que a história se repita, e que o sistema tecnológico globalizado se derrube definitivamente por modificações do campo eletromagnético da Terra.


Os sobreviventes voltarão à infância elementar, e sobre essa página em branco, os Grandes Iniciados começarão a construir os rudimentos da Era de Aquário: harmonia do espírito e da matéria.


Porém as crianças não aprendem sozinhas; necessitam de mestres. Quando a Terra ficou devastada, fundou-se, em Kaor, vulcão da Ásia Central, a Ordem do Fogo, e desde ali os Mestres se repartiram pelo mundo, ensinando aos homens a pensar racionalmente (Ver Livro XVI "História das Ordens Esotéricas").


Foi no Egito onde a sabedoria das ciências alcançou maior esplendor, muito antes do cristianismo. Está perfeitamente explicado no Capítulo 4: "O Templo da Iniciação".


E assim como o estudante ingressava cedo, aos doze anos, e devia esquecer de tudo, até seu nome e família, por meio de beberagens e disciplina, assim também a humanidade tem que esquecer o conhecimento passado que adquiriu ao longo dos séculos em escolas e livros, para pensar de outra maneira, unindo o amor com a sabedoria.


Para chegar a este excelente estado, os homens devem renunciar à separatividade. As Ensinanças do Mestre Santiago adiantam e ajudam a compreender os fenômenos da transição de um mundo velho que se vai, e outro novo que se aproxima velozmente.


Se quisermos compreender o estado em que se encontra a humanidade agora, comparando-a com os graus de iniciação do Templo de Amon no Egito, diremos que ingressamos no primeiro recinto, quando os parentes acompanhavam o candidato em procissão fúnebre até os portais e o depositavam num ataúde; etapa de renovação física e esquecimento.


Assim as calamidades que nos comovem todos os dias, guerras, misérias, atentados, enfermidades, pobreza, e tudo o mais, são os sacudimentos da humanidade para despojar-se da roupagem velha e suja que já não serve.


Também o neófito sofria muito e adoecia com febre nesta etapa depuradora. Quando estava purificado, dormia e era introduzido no segundo recinto, para desenvolver suas faculdades.

b- O SEGUNDO RECINTO

"Tratava-se de um lugar tão formoso como imaginar se possa. Tudo o que podia aportar a ciência e o poderio de um rico império, reunia-se ali: palácios, construídos com os incomparáveis mármores brancos, azuis e verdes do antigo Egito; tão maravilhosos eram que serviam aos sacerdotes para estudar os reflexos da luz solar.


Nestes palácios se reuniam as mais formosas pinturas, esculturas e obras de arte. Os jardins eram indescritíveis e tão cuidadas suas plantas, que havia casos em que uma só delas contava com cuidados exclusivos" (XVI, 4,19).


Podemos sonhar que a humanidade, uma vez cumprido o processo de depuração indispensável, possa ingressar nesse maravilhoso estado de harmonia com a natureza? Sim, porque o homem está predestinado à felicidade, quando houver cumprido as etapas do Caminho da Renúncia.


Sete foram os Recintos da Sabedoria no Templo da Iniciação, porém o Mestre Santiago descreve somente os seis primeiros. Tudo o que um místico possa adquirir numa vida, conseguia-se no Templo: clarividência, viagens astrais, magia, a morte extática, poder de curar, etc.


De longínquos países vinham os peregrinos para aprender a sabedoria antiga; e depois regressavam a suas pátrias para ensinar ao povo. O que se perdeu com a destruição dos Atlantes, ficou resguardado pela Ordem do Fogo desde Kaor, e transmitida oralmente de geração em geração nos centros onde se estabeleceu a Ordem, com diferentes nomes.


Com a hegemonia das religiões monoteístas semitas, a tradição esotérica do conhecimento se ocultou, e não se sabe onde podem estar os sobreviventes da augusta instituição.


Voltarão os homens a ser sábios e santos? Indubitavelmente que sim; essa é sua meta na Terra, porém depois da depuração e do esquecimento. A etapa que está vivendo a humanidade, tal como a experimentamos diariamente, é a mais grotesca caricatura a que pode chegar o ser humano.


Olhe o leitor para os líderes mundiais e as grandes figuras que enchem os espaços da televisão e os jornais, e compreenderá rapidamente que a humanidade não tem futuro, tal como está; que é necessária uma mudança drástica e completa, como a criança estudante que é depositada num féretro às portas do Templo.


Esta situação não é optativa, nem individual nem coletivamente; é karma, é sentença inapelável, é a morte. Já está ocorrendo massivamente. Não há que chorar; há que renunciar.

c- DECISÕES PESSOAIS

O império Global nos envolve por todas as partes, oprime-nos com seu poder econômico, ameaça-nos com as armas, condiciona-nos com seus meios culturais corruptores, tira-nos as possibilidades de sonhar com uma vida melhor.


Frente a este monstro totalizador, ergue-se um Ser solitário desafiante que não o teme, o Maitreya, a Divina Encarnação, o modelo perfeito e luminoso da humanidade. Não há outra opção, não se apresentou nenhuma alternativa.


Ganhar "dinheiro por atacado" como quer Clinton agora? Drogar-se junto a 250 milhões de desesperados? Experimentar o aberrante sexo com as crianças como fazem os sacerdotes católicos de Boston? Fugir para longe? Semear o terror kamikaze com explosivos? Isto é o que fazem as massas ignorantes, acelerando o processo de desintegração, os sofrimentos e o fim da antiga civilização.


Não há escapatória; há que se aferrar ao Salvador desapegando-se de todas as ataduras internas e externas que nos tiram a liberdade, caminhando pelo Caminho da Renúncia como mostrou o Mestre Santiago em suas Ensinanças.


Assim como o Maitreya está e é solitário, cada homem há de tomar decisões pessoais para resolver seus problemas existenciais. As massas não consideram que existam questões básicas, não pensam nada diferente ao que oferece o mercado da vida, e segue como sempre: consumismo, televisão, piquetes e bater panelas, chorar, adoecer, morrer; não têm nada que decidir. Porém aquele que não quer ser devorado e busca ar puro para respirar, tem que se determinar.


O Mestre Santiago escreveu sua Doutrina da Renúncia em meio às convulsões mundiais do século passado (Segunda Guerra Mundial, destruição de cidades por bombas atômicas, liberação das colônias na África e Ásia, vôos espaciais, etc.).


Suas Ensinanças ajudaram a encontrar o Caminho, e agora estão ao alcance de todos os homens. Para esta proposta se recomenda ler o Livro XVIII "O Caminho da Renúncia", e o Livro XXXI "O Bom Caminho". Todos são magistrais, porém estes são adequados para o aprendizado diário.


Sabemos que o Caminho é muito longo, e a meta se perde na distância, porém é suficiente começar a caminhar buscando a Deus, para encontrá-lo. Porque o Caminho da Renúncia é Deus mesmo, é a liberação anelada.


Não há realização completa e perfeita; mas etapas, pequenas realizações que estão ao alcance da alma, e desde as quais conseguiremos novas conquistas. A vida espiritual perfeita está formada por um rosário de pequenas obras diárias de Renúncia. Seu efeito imediato é a paz interior.

AS OUTRAS PÁGINAS

Próxima (16)   Anterior (14)


Índice geral sobre Santiago Bovisio

FONTE DO TEXTO

http://www.santiagobovisio.org



Sorria ao acordar
e antes de dormir!

Muito obrigado pela visita,
veja sempre as novidades!






Google
 
Web www.eurooscar.com








Se não vê à esquerda o menu
rolante do site, clique aqui.

If you do not see the left
scrolling menu, click here.





Home