SANTIAGO BOVISIO



REFLEXÃO 17

A Missão Redentora


a - PEQUENAS HÓSTIAS;


b - ENSINANÇA PLANETÁRIA;


c - O MAPA ESPIRITUAL.

Quando o Mestre Santiago Bovisio veio à América do Sul desde sua Itália natal, trazia consigo uma missão que com o tempo foi crescendo até alcançar dimensões planetárias: a expansão da Mensagem da Renúncia para toda a humanidade.


Ao princípio, este mandato estava nele somente, num ponto secreto de seu ser. Depois fundou a Ordem Cafh, com projeção similar à Ordem do Fogo Astral, à qual pertencia antes de encarnar, para que o Poder da Grande Corrente fosse tomando consistência e realidade na Terra, e fosse depositada ali a Missão.


A estas almas que formaram o corpo de Cafh o Mestre foi transmitindo, pouco a pouco, a doutrina. Sempre se dirigiu aos Filhos e, através deles, à humanidade, numa tarefa de mais de 25 anos de magistério. Diz o Livro XIX "As Mensagens", 11,21: "Filhos da Divina Mãe, Filhos de Cafh. Levai ao mundo angustiado e expectante vossa Mensagem de Renúncia".

Os Filhos de Cafh, à morte do fundador, em 1962, foram poucos, e nos anos seguintes aumentaram, não ultrapassando as 6.000 almas a quem estava encomendada a tarefa. Nela estava implícita, e claramente expressa, a responsabilidade de preparar a vinda do novo Messias.


Como é de público conhecimento, os que receberam o legado espiritual não fizeram nada, e a Ordem foi definhando, adulterando-se com o tempo, até desaparecer como força espiritual a fins da década de 70.


Porém agora, ao término da antiga era de Peixes, e começo de Aquário, desde o primeiro dia do terceiro milênio, todas as Ensinanças do Mestre, contendo a Mensagem de Renúncia, estão no mundo, com mais de um milhão de transferências em média, de internet, em mais de 40 países.


A Missão que ao começo estava em mãos de uns poucos, agora está na humanidade, e todos os homens são depositários. Por transferência da Mensagem ao espaço magnético que envolve o planeta, a tarefa de liberação está globalizada esperando encontrar rumos individuais, guiada pela Encarnação Divina que já está entre nós.

O tema desta Reflexão é o seguinte: Jesus Cristo, há dois mil anos, com sua Paixão redimiu o gênero humano potencialmente. Agora volta para ensinar aos homens como cada um pode redimir-se a si mesmo.


Redimir significa liberar-se. Ninguém libera outro, nem as religiões nem os caminhos espirituais, nem mesmo o Mestre mais perfeito; a liberação é estritamente individual e solitária, frente à Divindade. Muitas são as Ensinanças sobre este grande mistério, e trataremos de ir apresentando-as em suas facetas mais reveladoras.


Com o Maitreya não há exclusões pela religião, nem pela riqueza ou a raça, tampouco pelo adiantamento ou atraso espiritual, nem pelo karma, todos podem avançar se praticarem a Doutrina da Renúncia.

a- PEQUENAS HÓSTIAS

No Livro XXXVI "Conferências de Embalse", 11,8, o Mestre diz: "Creio que isto é o que ensinará o Maitreya, a nova expressão da Encarnação Divina: a forma, a maneira em que devemos converter-nos em Cristos pequenos, em pequenos holocaustos, em pequenas hóstias".


Até agora os homens aderiram a alguma religião, por nascimento ou por eleição, e o acatamento dos dogmas era suficiente para "salvar-se" e alcançar a bem-aventurança. Qualquer que fosse a condição do indivíduo, a religião prometia a salvação; a fé e a fidelidade eram suficientes para conseguir o paraíso.


As massas respondiam a estes simples esquemas, ferreamente controlados pelo clero. Independentes das exigências dogmáticas, os místicos e os ascetas, esses permanentes rebeldes aos dogmas, buscavam em si mesmos uma realização concreta e evidente.


De agora em diante, o ser humano que quiser salvar-se terá que imitar os místicos: buscar por si mesmo, fazer sua experiência, e conquistar com seu esforço pessoal as etapas da liberação. Cada um está situado num lugar concreto e intransferível, e a partir desse contexto existencial terá que começar a caminhar com suas pernas.


Para que seus esforços tenham possibilidades e o buscador possa comprovar por si mesmo os resultados, abundantes ou pobres, deverá ter à mão boas informações, um mapa do caminho, um guia de quem já o percorreu. Há muitos indicadores, escritos por místicos de diversas épocas e tradições, homens e mulheres exemplares que realizaram grandes avanços no desenvolvimento espiritual.


Cada um encontrará o modelo mais adequado à sua maneira de ser. O mais moderno e completo, é o sistema da Doutrina da Renúncia expressado nas Ensinanças do Mestre Santiago Bovisio.


Não só explicam as diversas etapas do desenvolvimento espiritual e oferecem a disciplina adequada a estes tempos difíceis, mas que colocam o ser na história da evolução humana, dão-lhe um sentido individual dentro da economia espiritual da nova era de Aquário, e o relacionam magneticamente com a atual Encarnação Divina, Maitreya. Além disso, dizem-lhe o que tem que fazer, oferecem-lhe uma missão: ser um pequeno Cristo.


No começo, a Missão estava em uns poucos, para transmiti-la aos demais. Agora que a Doutrina da Renúncia começa a ocupar espaços cada vez mais amplos, a Missão se interioriza, torna-se pessoal, percorrendo as vastidões escondidas não descobertas do ser.


As Ensinanças têm de estar em todos os lares do mundo, e os milhões de seres que esperam ansiosamente a Mensagem da Renúncia deveriam tê-las em suas mãos, para começar a obra redentora.

b- ENSINANÇA PLANETÁRIA

O Mestre Santiago, em seu Livro XVIII "O Caminho da Renúncia", 11,5 e seguintes, diz que a Ensinança é permanente, e se manifesta em vários tipos ou períodos:


1. A Ensinança Universal, que está em todas as revelações tradicionais.


2. A Ensinança de Cafh dada pelo Fundador, e cujos apontamentos formam o corpo desta Biblioteca de Internet.


3. A Ensinança que se ditava oralmente, nas reuniões de Cafh aos Filhos.


4. Os três primeiros ciclos terminaram. Agora começa o ciclo da expansão por meio da rede global eletrônica digital contatando com cada um dos habitantes do planeta, individualmente, sob a proteção dos Mestres da Sagrada Ordem e o magistério irradiante do Divino Redentor Maitreya.


Com a liberação das Ensinanças que estavam encerradas e escondidas num pequeno círculo de guardiões, atualmente estão percorrendo, velozes e penetrantes, os mais diversos espaços onde vivem os homens: lares, oficinas, escritórios, problemas, sofrimentos e esperanças.


O protagonismo da grande aventura espiritual agora está nos indivíduos, na intimidade de cada homem. As Ensinanças são como são, não podem ser mudadas, porque o autor morreu, e as deixou com toda a força magnética que lhe deram os Mestres Espirituais.


Faz muitos anos, o Mestre Santiago lhe perguntou a um Discípulo Fiel: "Como podemos fazer para ajudar as almas?" O discípulo respondeu: "Como nos foi ensinado: as meditações, os exercícios ascéticos, a direção espiritual, as reuniões" .


O Mestre contestou: "Não. Isso é muito lento agora. Para ajudar as almas temos que apreender a manejar o Poder da Grande Corrente". E essa é a obra que estão cumprindo as Ensinanças na rede global planetária, silenciosamente, no coração que queira recebê-la e protagonizá-la, voando sobre as asas da Grande Corrente de Aquário.


Quando o Mestre Santiago vivia, o Poder da Grande Corrente se manifestava na Terra através dele, e por sua bênção diária, a todos os Filhos da Ordem. Com sua morte em 1962, e a desaparição da Ordem anos mais tarde, o Poder da Grande Corrente ficou em suspenso até o nascimento da nova Era de Aquário, a presença do Maitreya e a liberação de todas as Ensinanças o primeiro dia do Terceiro Milênio.


De agora em diante, o Poder da Grande Corrente se manifestará em cada homem que aceite as Ensinanças. Acabaram-se os intermediários entre os homens e Deus. A criatura olhará a seu Criador face a face, como um filho olha sua mãe, ou não O verá (Livro XIX "A Mensagem da Renúncia", 11,12).

c- O MAPA ESPIRITUAL

As Ensinanças não dão a realização; assinalam o caminho, e apresentam indicações precisas para não perder-se nos labirintos da alma. Como os mapas impressos de países e regiões, à primeira vista parecem desordenados, pouco compreensíveis, mas à medida que são estudados, as idéias vão adquirindo significados concretos, relacionando-se umas com outras, indicando caminhos, dificuldades, distâncias, abrindo portas.


Se o caminhante tem um guia experimentado que o ajude, será melhor, pois compreenderá mais facilmente os sinais. Porém, reiteramos, não são um veículo para deslizar sobre rodas, terá que caminhar com suas pernas.


Bem interpretadas e seguidas de boa fé, as Ensinanças se vão sacralizando pouco a pouco, adquirindo o poder da Grande Corrente. Esta nova força se incrementa progressivamente com a irradiação da Encarnação Divina à medida que passa o tempo, e sua presença se faz mais e mais notável, porque ambos, Maitreya e as Ensinanças são coincidentes.


A missão redentora que iniciou o Mestre Santiago desde que pisou terras americanas no princípio do século passado, sendo seu único portador, deu um círculo completo até chegar aos pés do Redentor, onde se vão alinhando os predestinados da nova era. Entre eles não há intermediários, nem dogmas, nem leis estranhas.


O homem está solitário em sua realidade, boa ou má, e em sua capacidade de renunciar, face a face com o Salvador. Ali, frente a seu destino, terá que percorrer os caminhos, para que essa ilusória distância que o separa da verdade desapareça. (Para uma melhor compreensão deste mistério, meditar no Livro III "Simbologia Arcaica", todos os capítulos).


A odisséia que empreendeu um Mestre solitário no século XX chegou a bom porto ao finalizar o mesmo e se abre a outras dimensões ao começar o terceiro milênio. Ali estão as Ensinanças, estáticas, invariáveis, escritas no sistema digital, fora do tempo, e não obstante, ao alcance imediato dos homens.


Desde a ótica do homem de Peixes, racionalista, mecânico e cético, são palavras velhas, passadas de moda. Para o homem que vive a Reversibilidade, as Ensinanças se abrem ao futuro sem limites; outras dimensões, outras faculdades da mente, outras formas de viver, outra maneira de amar se apresentam ante os olhos assombrados do Discípulo Fiel que começa a percorrer o Caminho da Renúncia.


A luva da vida virou pelo avesso, e agora está tudo mudado. Cada um de nós será um pequeno Cristo, sob a guia do Divino Maitreya, que nos ensinará a ser livres.

AS OUTRAS PÁGINAS

Próxima (18)   Anterior (16)


Índice geral sobre Santiago Bovisio

FONTE DO TEXTO

http://www.santiagobovisio.org



Sorria ao acordar
e antes de dormir!

Muito obrigado pela visita,
veja sempre as novidades!






Google
 
Web www.eurooscar.com








Se não vê à esquerda o menu
rolante do site, clique aqui.

If you do not see the left
scrolling menu, click here.





Home