Parábolas Budistas - 17


Tokusho Doji e Musho Doji

De acordo com o Sutra Zoagon Sakyamuni estava certa vez peregrinando nos arredores da cidade de Rajaghra quando se aproximou de dois meninos que brincavam na lama. Os meninos observando as assim chamadas “trinta e duas feições características de um grande homem” que se dizia possuir o Buda, não tendo nada a oferecer, decidiram oferecer a ele, bolos de lama.

Tokusho Doji ofereceu-os a Sakyamuni enquanto o mais jovem, Musho, juntou suas palmas num gesto de reverência. Sakyamuni recebeu o presente de bolo de lama com um sorriso. O discípulo Ananda, que o acompanhava, perguntou-lhe por que sorrira, tendo-lhe respondido: “Tenho uma razão para sorrir, Ananda, e deixá-lo-ei saber:


Desenho de Sandro Neto Ribeiro

Cem anos após a minha morte, este menino tornar-se-á um rei em Palatiputra, que governará por todas as regiões, seu nome será Asoka e governará através da Lei Verdadeira.”

Diz-se que Tokusho Doji renasceu como Rei Asoka e Musho Doji como sua mulher ou como irmão.

"Um espírito honesto e dedicado brilha como um diamante e isso toca o coração das pessoas. Isso porque uma chama ardente brilha em seu interior. Se somos sinceros, as pessoas compreenderão nossas intenções, e nossas qualidades positivas serão irradiadas. Não há sentido algum deixar-se levar pelas aparências externas" (Daisaku Ikeda)


Preciosa Colaboração de Márcio Barros, Rio de Janeiro

Próxima (18)   Índice   Anterior (16)

Fonte do Texto

As Mais Belas Histórias Budistas, página criada por Sandro Neto Ribeiro.
http://www.vertex.com.br/users/san e
http://www.maisbelashistoriasbudistas.com/historia.htm

Pesquisar só neste Site

Pesquisar em Toda a Web

www.eurooscar.com  -  eurooscar@gmail.com
©Todos os Direitos Reservados

Política de Privacidade     Privacy Policy

Se não vê o menu esquerdo de navegação clique aqui.

Only if you are not seeing the left navbar click here.

Home