Parábolas Budistas - 3


A Harpa Afinada e o Bom-Senso na Vida
(Sutra Mahaparinirvana)

Era uma vez um jovem chamado Srona, de delicada saúde, e que nascera em uma rica família. Como, seriamente ansiasse obter a iluminação, tornou-se um discípulo do Buda. Com este propósito, dedicou-se e se esforçou tanto que seus pés chegaram a sangrar.

O Buda dele se compadeceu e lhe disse : "Srona, meu jovem, você já estudou harpa ? Pois então deve saber que a harpa não produz música se suas cordas estiverem muito esticadas ou então frouxas demais. Ela produzirá música somente quando as cordas estiverem corretamente estiradas."

E o Buda continuou : "O treinamento para a iluminação é exatamente como o ajuste das cordas da harpa. Você não pode alcançar a iluminação se deixar as cordas de sua mente estiradas ou frouxas demais. Deve estar sempre atento e agir sabiamente."

Tirando grande proveito destas palavras, Srona alcançou aquilo que procurava.

Preciosa Colaboração de Marcio Barros - RJ

Próxima (4)   Índice   Anterior (2)

Fonte do Texto

As Mais Belas Histórias Budistas, página criada por Sandro Neto Ribeiro.
http://www.vertex.com.br/users/san

Pesquisar só neste Site

Pesquisar em Toda a Web

www.eurooscar.com  -  eurooscar@gmail.com
©Todos os Direitos Reservados

Política de Privacidade     Privacy Policy

Se não vê o menu esquerdo de navegação clique aqui.

Only if you are not seeing the left navbar click here.

Home