POESIAS DE HUBERTO ROHDEN - 5



ENCONTRO CONTIGO MESMO;
ELE É BOM - CRUCIFICA-O!

ENCONTRO CONTIGO MESMO

Quantas vezes te encontras com teus amigos?
E nunca te encontras contigo mesmo?
Não com o teu ego externo - sim com o teu Eu interno...
O encontro com o teu centro resolveria
os problemas das tuas periferias.


O encontro com tua alma resolveria
os problemas da tua mente e do teu corpo.
Marca, cada manhã cedo, um encontro com tua alma.
Longe de todos os ruídos da tua mente e do teu corpo.
Isola-te em profundo silêncio e solidão.
Esvazia-te de tudo que tens
- e serás plenificado pelo que és.


Faze do teu ego uma total vacuidade
- e serás plenificado pelo Eu divino.
Onde há uma vacuidade acontece uma plenitude
- é esta a maravilhosa matemática do Universo.


Entra, cada manhã, num grande silêncio
- num silêncio pleniconsciente.
No silêncio da presença.
No silêncio da plenitude.


Abre os teus canais rumo à fonte cósmica
- e as águas vivas do Universo fluirão
através de teus canais.
E nunca mais te sentirás
frustrado, angustiado, infeliz.


Esse encontro com o teu centro de energia
beneficiará todas as periferias da tua vida diária.
Até os trabalhos mais prosaicos te parecerão poéticos.
E as pessoas antipáticas te serão simpáticas.


Nenhuma injustiça te fará injusto.
Nenhuma maldade te fará mau.
Nenhuma ingratidão te fará ingrato.
Nenhuma amargura te fará amargo.
Nenhuma ofensa te fará ofensor nem ofendido.


E estenderás o arco-íris da paz
sobre todos os dilúvios das tuas lágrimas.
Se te encontrares contigo mesmo...


Isola-te, numa hora de profundo silêncio e solidão.


Mais tarde, serás capaz de estar a sós contigo
em plena sociedade,
no meio da tua atividade profissional.


E então terás resolvido definitivamente
o problema da tua vida terrestre.


O mundo de Deus
não te afastará mais do Deus do mundo.


(Do livro “De Alma para Alma”, de Huberto Rohden)

ELE É BOM - CRUCIFICA-O!

Amigo ignoto ouve e escuta a mais dura lição
que humanos ouvidos podem ouvir!
Depois de prestares à humanidade
todos os benefícios que puderes;
Depois de lhe ofereceres camo holocausto
mocidade e saúde, fortuna e saber;
Depois de esgotares o derradeiro átomo de energia
e extinguires, a serviço dos outros,
a última luz dos teus olhos;


Depois de tudo isto, amigo ignoto,
aguarda um inferno de ingratidão!
Ninguém pratica impunemente o bem
- neste mundo imundo...
Ninguém planta roseiras
- sem ferir as mãos nos espinhos...


Ninguém ilumina inteligência juvenis
- sem ser por elas explorado quando velho.
Ninguém leva outros ao cimo do ideal
- sem que eles tentem despenhá-lo ao abismo. Ninguém abre as pupilas a cegos
- sem que eles, videntes, lhe arranquem os olhos.


Ninguém dá de comer a famintos
- sem que estes, quando fartos, o devorem...
Ninguém "atira pérolas aos porcos
- sem que estes lhe metam as patas e o dilacerem".
Ninguém abençoa crianças inocentes
- sem que essas, quando adultas, prefiram a Barrabás...


Ninguém cura cegos, surdos, mudos,
coxos, leprosos, aleijados -
sem que estes suspendam na cruz seu salvador...


Ninguém ressuscita Lázaros,
jovens de Naím e filhas de Jairo
- sem que estes, redivivos, lhe tirem a vida...


Ninguém prega doutrinas divinas
nem ensina mistérios celestes - sem que seja
tachado de louco varrido ou aliado de Belzebu...


Ninguém mostra aos homens
o caminho da verdade e da vida -
sem que os homens lhe apontem o caminho do exílio...


Convence-te disto, meu ignoto amigo!
Existe a misteriosa lei da polarização psíquica...
Assim como ao polo elétrico positivo
corresponde um polo negativo,
e tanto mais negativo quanto mais positivo for aquele;
Assim como as trevas são tanto mais espessas
quanto mais intensa é a luz;


Assim como às mais altas montanhas da terra
correspondem os mais profundos abismos do mar;
Assim deve também aos mais insignes benefícios
corresponder a mais insigne ingratidão...


Desde que o Nazareno sofreu
pelo maior de todo os bens o maior de todos os males
- vigora essa lei estranha, esse paradoxo dos paradoxos...


Desterra, pois, de ti
esse desejo impuro de justiça!
Injustiça é pão quotidiano
- justiça é iguaria de festa...
Ingratidão é regra geral
- gratidão é feliz exceção...


Seja tão potente a força do teu espírito,
seja tão pujante a juventude de tua alma
- que nenhuma ingratidão te faça ingrato!
Nenhuma derrota te faça derrotista!
Nenhuma amargura te faça amargo!
Nenhuma injustiça te faça injusto!


Com os olhos no Gólgota,
marcha, firme e sereno...
... ao encontro da aurora.

Huberto Rohden 1   Huberto Rohden 2


Huberto Rohden 3   Huberto Rohden 4


Índice das poesias


OUTROS TEXTOS DE HUBERTO ROHDEN:

NÃO RESISTAIS AO MALIGNO!


O HOMEM REALMENTE ESPIRITUAL


ORAÇÃO PERMANENTE




Google
 
Web www.eurooscar.com

www.NewWordGames.com - Author: Euro Oscar - © 2008
All Rights Reserved - Contact: eurooscar@gmail.com


Se veio até aqui por um link externo e não vê o menu fixo à esquerda, clique aqui, para melhor usar e controlar o site.


Página inicial do site