O TAO DO OCIDENTE
PÁGINA 19

PALAVRAS DE SABEDORIA
(continuação)

26- O sábio é sereno e modesto no falar, no pensar e no agir."
Novamente nos vem à lembrança o dito: quem sabe, não precisa dizer; quem é, não precisa ostentar. Repare neste trecho dialogado:
- Em que você é formado?
- Por que está perguntando isso?
- Porque eu cursei Pedagogia, Filosofia e Psicologia!
- Muito bem...
- Muito bem?!? E tenho ainda dois mestrados e estou terminando meu doutorado!
- Você acha mesmo que isso é o mais importante?
- Claro, isso me coloca num patamar superior!
- Você acredita mesmo nisso?
O doutor estava furioso com o interlocutor, que mantinha uma postura muito serena. Ele próprio tinha uma formação primorosa em Universidades de primeira, além de ser mestre e doutor várias vezes. Lembra-se do que foi dito? "O livro traz conhecimento, mas não sabedoria". Os homens verdadeiramente grandes, são modestos, porque sabem suas limitações, porque a cada coisa que aprendem, percebem que existem muito mais coisas que desconhecem. Vamos repetir mais uma vez: modéstia não é nem humilhação nem santificação, é uma postura perante a vida, que irá retirar de sua porta invejas e malícias. O intelectual vaidoso, estará sempre sujeito a roubos em sua produção e nunca, nunca será um sábio.


27- "Aquele que se vangloria, não será reconhecido."
Há no mundo, uma luta constante por alcançar postos, status e coisas assim. E depois de alcançados, começa uma nova batalha que é a de permanecer ou de preferência subir mais um degrau na escala social. O homem nunca se dá por satisfeito. Muitos usam de recursos absolutamente abjetos, outros utilizam as habilidades, muito aplaudidas, da diplomacia. Os menos criativos, armam intrigas com o mesmo objetivo.


O ambiente de trabalho propicia a existência de uma oficina muito especial onde é forjada uma moral peculiar: a do relacionamento da escalada. As pessoas que conhecem bem o organograma informal da empresa, isto é, quem de fato manda em quem, manipulam com rara destreza as espadas da maledicência, jogando para um canto qualquer, algum resto de ética que eventualmente ainda mantinham guardado. Aquele que chama muita atenção sobre si, estará colhendo rapidamente o que ele mesmo plantou: a rejeição e o repúdio. É uma questão de tempo.


28- "Ajude os que desejam ajuda."
A persistência é um dos fundamentos em que se baseia o desenvolvimento pessoal. Não é por outra razão, que o Tao-Te-Ching, repete com regularidade alguns de seus ensinamentos, como é o caso do par complementar - desejar e querer. Penalizado com a sorte de um mendigo, um homem que costumava dar esmolas, decide não lhedar nenhuma, pois pensa: se eu der dinheiro, ele ficará tão mal acostumado que jamais sairá desta terrível situação. Trata então de explicar ao pobre miserável, porque não daria a esmola que lhe fora solicitada. O mendigo, furibundo, esbraveja e impreca contra o mundo. A ele, o dinheiro é que era importante naquele momento. Deixar de mendigar, bem, isso era outra coisa.


Certa vez um amigo meu, homem de grande sensibilidade, me disse o seguinte: "Nunca tenha pena de ninguém". Vendo o meu espanto, ele explicou: "Se você vê um cego querendo atravessar a rua, o que você deve fazer é ajudá-lo a atravessar. Ficar com pena e não fazer mais nada, é uma forma disfarçada de diminuir seu sentimento de culpa. Para o cego, a atitude neutra da pena não vai adiantar de nada, pelo contrário, a espera o tornará mais amargo." E prosseguiu: "É evidente que as pessoas sempre sentirão pena numa ou noutra situação. O que estou tentando dizer, é que ter dó de alguém, por si só, não tem maiores méritos. Se você PODE ajudar, não o deixe de fazer." Isto sim, é fazer a coisa certa.


29- "À força do masculino deve-se unir a flexibilidade do feminino, pois aí está a harmonia do Tao."
Lembremos que no Tai-Chi, tanto o Yang quanto o Yin, representam apenas metade daquilo que está sendo analisado. Qualquer situação, pode ser definida por pares opostos ou complementares. Um problema, uma doença, uma questão econômica, assuntos macro ou microscópicos. O Tao, Ordem harmônica de todo o Universo, pode ser sintetizado nesta figura magnífica. O que a citação diz, é confirmar a necessidade do equilíbrio, para que tudo continue existindo em Harmonia.

Próxima  Anterior

Todas as páginas

01  02  03  04  05  06  07  08  09  10  11
12  13  14  15  16  17  18  19  20  21  22
23  24  25  26  27  28  29  30  31  32  33
34  35  36  37  38  39  40  41  42  43  44

FONTE DOS TEXTOS

O TAO DO OCIDENTE
Direitos reservados © 2000
P. G. Romano
pgromano@hotmail.com
A quem felicito e muito agradeço por permitir
que esta excelente obra seja aqui veiculada
para divulgar ensinamentos profícuos, edificantes.



Sorria ao acordar
e antes de dormir!

Muito obrigado pela visita,
veja sempre as novidades!


/p>





Google
 
Webwww.eurooscar.com








Se não vê à esquerda o menu
rolante do site, clique aqui.

If you do not see the left
scrolling menu, click here.





Home