Receitas Veganas Macrobióticas - 12


Pratos com Missô e Molho de Soja (Shoyu ou Tamari)



Nota de Euro Oscar: Os molhos shoyu e tamari são diferentes e isso não segue um padrão mundial, dependendo do país e do fabricante. O uso do tamari no Brasil é mais recente que no Japão e nos EUA. O tamari muitas vezes é livre de glúten, por não incluir trigo no seu fabrico. Mas isso depende de cada fabricante. Em relação ao shoyu, o tamari costuma ser mais grosso, mais escuro e menos salgado. O tamari pode substituir o shoyu em todas as receitas.


201- Molho de Missô

Misture 45 g (uma colherada de sopa bem cheia de pasta-de-soja (missô), 3 de manteiga de gergelim (tahine), inclua uma taça de água e mexa bem.

Ponha para cozinhar. Após cozido, misture 1 colher de casca ralada de laranja.

Sirva esse molho com arroz, trigo sarraceno em grão, massas ou cachá, legumes, verduras, etc.


202- Creme de Missô

O mesmo que o precedente, porém com um pouco menos de água. Este creme pode ser usado como acima ou para substituir a manteiga ou a margarina e o queijo.


203- Missô

Misture uma colher de sopa de pasta de soja com 4 colheres de sopa de tahine (manteiga de gergelim). Inclua um pouco de casca de laranja ralada e sirva com arroz, pão, etc.

Nota Importante:Tanto a massa de soja ("missô"), quanto o molho de soja (shoyu) devem ser preparados à maneira tradicional japonesa.


Dicas

Nunca compre nem use os tipos industrializados e comercializados, à venda em muitos países, nas lojas comuns do comércio, porque quase sempre contêm corante, açúcar refinado, sal refinado e o glutamato monossódico, um "realçador de sabor", que não é nada saudável, apesar das propagandas enganosas.

O missô e o shoyu caseiros, de fabricação artesanal, são muito melhores, pelos ingredientes e processos mais naturais de preparo. Visite empórios orientais e leia com muito cuidado os rótulos, e se em dúvida pergunte não aos funcionários mas aos donos da loja: é mais seguro.

Em São Paulo, p. ex., perto da estação de metrô Liberdade (no bairro oriental da capital) há muitos empórios de chineses, japoneses, coreanos, onde se acham também outras opções.


204- Sopa de Missô

Para 5 pessoas: 1 xícara de cebola picada, 1/3 de xícara de cenoura e 1 folha de couve picada.

Adicione 1 colher de sopa de óleo de gergelim ou de oliva.

Aqueça o óleo antes, acrescente a cebola e as cenouras, depois a couve.

Quando estas estiverem bem cozidas, inclua as cenouras e deixe cozinhar bem.

Derrame sobre esta mistura 4 xícaras de água e, por último, um pouco de missô diluído.

Inclua uma pequena cebola crua picada e alga "nori" tostada.


205- Cenouras e Cebolas com Missô

400 g de cebola, 1 cenoura, 2 colheres de sopa de pasta de soja, 1/2 colher (chá) de sal, 1 colher (sopa) de óleo.

Pique miudinho 2 ou 3 cebolas, cozinhe-as em óleo e inclua o resto da cebola sem cortar.

Inclua a cenoura cortada em pequenos pedaços, cozinhe bem em água e inclua pasta de soja (missô).


206- Legumes com Missô

1 cenoura, 2 cebolas, 4 folhas de couve, 2 colheres (sopa) de óleo e uma de pasta de soja.

Corte as cebolas em 4; cozinhe-as em óleo e inclua a couve.

Cozinhe bem e acrescente as cenouras cortadas em pequenas fatias; inclua 2 xícaras de água, pasta-de-soja diluída e um pouco de sal.


207- Gelatina Vegetal ao Missô

Cebolas, nabo branco, inhame (Satoimo) tudo inteiro e pedaços grandes de cenoura.

Coloque tudo sobre uma alga grossa "kombu" e coloque na panela.

Inclua água e cozinhe bem com um pouco de sal; inclua cebolinha verde em espetos, palitos de bambu (5 por espeto) e missô ou shoyu.

Quanto mais tempo e devagar cozinhar, tanto mais delicioso será o resultado. Bom apetite!


208- Bolinhos de Trigo Sarraceno com Missô

Fazer bolas de trigo sarraceno e cozinhá-las em água.

Pôr em espetos e bambu (5 por espeto).

Cobrir essas bolas com um pouco de pasta-de-soja e aquecer.

Usar creme de pasta-de-soja. Porém, se preferir, podem ser usados outros cremes.


209- Hortaliças (Verduras) com Missô

Cozinhar em água, cenouras, cebolas, agrião, couve-flor, nabo-branco, escarola, salsa, etc.
Servir com creme de missô.


Especiais


210- Especial Número 1

Ingredientes:
30 g de raiz de lótus, 45 g de bardana (raiz), 30 g de cenouras, 5 g de gengibre, 90 ml de óleo de gergelim, 150 g de pasta-de-soja.

Preparo:
Picar todos os legumes.
Fritar as raízes da bardana em 60 ml de óleo e incluir a cenoura e o lótus e cozinhar bem.

Incluir, a seguir, o gengibre e o missô.

Adicionar 30 ml de óleo e cozinhar até secar bem. Este é um prato excelente contra todas as doenças Yin.


211- Especial Número 2

Ingredientes:
60 g de raízes de lótus, 15 g de bardana, 15 g de cenouras, 5 g de raízes de dente-de-leão.

Preparo:
Pique todos os vegetais e faça como na receita anterior. Muito bom contra tosse, asma, tuberculose, etc.


Próxima (13) | Anterior (11) | Índice


Fonte

"Macrobiótica Zen - A Arte da Longevidade e do Rejuvenescimento",
de George Ohsawa (pseudônimo de Sakurazawa Nyoiti)


Nota de Euro Oscar

Não aproveitei nesta coleção as receitas com ingredientes de origem animal.


Buscar no Site


Buscar na Web


Home